Investigação aponta que assassinos premeditaram ataque na escola por mais de um ano

Após a matança, os assassinos, que eram ex-alunos da escola, se mataram.

As investigações da polícia apontaram que os assassinos que mataram oito pessoas na quarta-feira (13), em Suzano (SP), haviam planejado o ataque por um mais de um ano. Onze pessoas ficaram feridas no ataque, uma delas está em estado grave.

A polícia acredita que a intenção de Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, 25 era matar mais pessoas do que as 13 vítimas do massacre de Columbine, que aconteceu em 1999 nos Estados Unidos, crime que completará 20 anos no mês de abril.

A polícia de Suzano ainda tenta esclarecer os motivos que levaram Guilherme e Luiz a atacar a escola armados e saírem atirando e golpeando com machado alunos e funcionários da escola.

As buscas na internet feita pelos assassinos mostraram que o crime pode ter sido premeditado a mais de um ano, eles pesquisaram informações sobre outros atentados que aconteceram em outras escolas nos Estados Unidos.Clique na seta abaixo, após a publicidade, para continuar lendo a matéria.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2