Irmão de criança morta após denunciar abusos, é solto

Portanto a polícia chegou à conclusão após audiência de Custódia e pediu ao juiz para que de uma vez por todas soltasse o menino de 13 anos

Mileide Magalhães de 30 anos foi trazida para Três Lagoas na segunda-feira a noite ela passou por exame de corpo de delito antes de ser levada para o presídio onde deve permanecer até que seja julgada, a mulher confessou o crime bárbaro, que ela matou a própria filha de 10 anos e enterrou a menina ainda viva num buraco na zona rural de Brasilândia região Leste de Mato Grosso do Sul. Junto com ela também foi preso o padrasto, por ser acusado de abusar sexualmente a menina e também o filho de 13 anos, que segundo ela participou do crime.

O Pai biológico do filho de 13 anos, disse que o menino é inocente, e que o menino foi obrigado a pela mãe e inclusivo ela ate ameaçou em mata-lo junto com a irmã. O pai biológico diz que a mãe  não demostrou nenhum arrependimento, da parte da mãe e que o crime foi premeditado. E que ele quer justiça tanto para a mãe como para o padrasto que estar acusado de abusar da criança. Segundo o pai biológico.

Escrito por Shirley Silva

Sou colunista de noticias, de famosos, tv, receitas, politicas e testemunhos e mensagens, reflexoes. Buscamos sempre o melhor, para que as notcias chega a tempo para todos.