Jacque Chanel é ordenada pastora e cria primeira igreja trans do Brasil

Jacque cria a primeira igreja trans do brasil e diz que tem muitos planos

Desde criança Jacque Chanel se arrumava para ir ao culto a família se reunia todos os domingos na igreja, mas diante dessa celebração especial que aconteceu onde ela fundou a primeira igreja trans no Brasil foi muito especial.

PUBLICIDADE

Jacque escolheu os óculos de grau, sapato o vestido apropriado escolheu um preto, Aa única diferença é que ela colocou um terço vermelho, amarelo, laranja, azul, verde, roxo pendurado no pescoço, ficou muito colorido para que fosse participar dessa celebração Religiosa.

Ela conta que foi muito emocionante a primeira vez que recebeu a estola sobre os seus ombros, é um adereço usados pelas sacerdotisas e sacerdotes ela então foi ordenada pastora da Primeira Igreja trans no Brasil.

PUBLICIDADE

Logo em seguida houve uma transmissão ao vivo para os fiéis que acompanharam todo o evento, foi cantado louvores foi ministrado uma palavra e foi muito emocionante.

Jacque disse que estava toda trêmula mas conseguiu responder no final do culto e conversar com as pessoas, disse que estava trêmula ela sempre se via evangélica desde criança mas por ser uma pessoa trans não podia viver isso plenamente dentro de uma igreja, mas agora com uma igreja trans no Brasil ela pode ser o que ela é e mesmo assim continuar sendo uma cristã.

Cantar louvores para Deus tem um grande significado na sua vida e tem um sentido muito grande principalmente para as pessoas trans que são discriminadas e afastadas.

A pastora falou sobre a fé sobre a solidariedade está com expectativa de uma vida melhor e pretende ajudar muitas pessoas.

Puxou a primeira oração a favor das pessoas que não tem outra opção a não ser ir para a rua, os travestis e transexuais que ficam nas avenidas que não tem teto, pessoas que são discriminadas e até assassinadas.

Trans que estão na rua já chegaram ouvir a palavra de Deus mas continuavam com fome não tinha o dinheiro tinham grandes dificuldades e agora eles têm a possibilidade de ajudar, não basta simplesmente orar não basta simplesmente levar uma palavra, é preciso estender a mão com um prato de comida.

 

Via: uol.com.br

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.