Jovem de 28 anos, morre um dia após dar a luz de emergência vitima de Covid-19:”Seu sonho sempre foi ter uma menina, morreu sem conhecer a filha”

A jovem, é esposa de um jogador, e acabou por falecer sem conhecer a filha.

Aos 28 anos, Arícia Campelo estava no seu sétimo mês de gestação, quando iniciou os primeiros sintomas para a doença. Ela foi internada às pressas, num hospital do interior do Amazonas, e logo após o seu quadro se agravou e foi transferida para manaus. Devido ao risco de ela e o bebê, os médicos decidiram fazer uma cesariana de emergência.

Entretanto a jovem deu há luz, uma menina que sempre foi o seu sonho, ainda deu sinais de melhora dando esperanças de sobreviver, mas acabou por morrer dias depois sem conhecer o rosto da filha.

PUBLICIDADE

A menina passa bem, continua na incubadora, seu estado de saúde é estável. Casada com um jogador do futebol do Amazonas, a jovem tinha três filhos meninos, e sonhava em ter uma menina para completar a família.

Arícia, segundo conta o marido ela apresentou um bom quadro de recuperação após o parto, mesmo ainda estando entubada na UTI. Mas, devido ao estado de gravidade do vírus, ela não teve qualquer contacto com a filha.

PUBLICIDADE

Durante um telefonema, o marido Claudinei conta que a esposa ainda conseguiu respirar sem ajuda de aparelhos, mas depois de sofrer várias paradas cardíacas, acabou por não resistir e morreu na madrugada de sexta-feira.

“Quando ela testou positivo para a doença, ainda na UTI, ela teve que ser reencaminhada para outra maternidade. Nessa mesma semana, ela estaria usando máscara e ventilação e a DNI, alternadamente. Mas mesmo assim, ela não conseguiu aguentar, e precisou ser entubada.

Nessa altura, a minha filha, já estava a entrar em falência e precisaram de fazer uma cesariana para salvar a vida dela. Minha filha nasceu aos sete meses. Minha esposa, nesta última quinta-feira, deu sinais de esperança ao ter uma recuperação boa no seu estado clínico, nós comemoramos muito esse momento, uma luz no fundo do túnel que se apagou pela noite depois de sofrer várias paradas cardíacas, que causou a sua morte”, conta.

Muito emocionado, o marido conta que o sonho da esposa era ter uma menina, e fala sobre as recordações que a esposa deixou como legado à família.

“Ela nos deixou a sua herança grandiosa. Uma sementinha, que será bem cuidada e com muito amor”.

 

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!