Jovem de 18 anos matou irmão de 5 em suposto ritual de magia negra: corpo mutilado, olhos furados e velas

Um crime bárbaro chocou a cidade de São Carlos, localizada no interior de São Paulo; saiba mais.

Um crime bárbaro cometido por uma jovem de 18 anos, chocou a cidade de São Roque, localizada no interior de São Paulo.

De acordo com o ‘G1’, a mulher matou o próprio irmão de apenas 5 anos em um suposto ritual de magia negra.

PUBLICIDADE

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (4) e a maneira macabra e cruel como o garoto foi torturado e morto deixou perplexo até mesmo os policiais mais experientes.

Segundo as informações da polícia a mãe da jovem estava fora de casa, quando retornou a filha mais velha não a deixou entrar, sem saber o que fazer ela chamou o cunhado que arrombou a porta e deu de cara com o corpo do filho com marcas de tortura e rodeado por velas.

PUBLICIDADE

A jovem tentou fugir do local mas foi contida pelo homem que chegou a levar uma pedrada da mulher, a polícia foi acionada e ela detida. Na delegacia ela contou os detalhes do assassinato; saiba mais.
Jovem de 18 anos matou irmão de 5 em suposto ritual de magia negra: corpo mutilado, olhos furados e velas

Em um primeiro depoimento a mulher identificada como Karina, contou que chamou o irmão até o quarto para brincar, lá ela o matou asfixiado com um travesseiro, depois furou os olhos do garotinho, fez vários cortes por seu corpo, decepou o pênis do menino e o comeu.

Ela também chegou a queimar partes do corpo do irmão que foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) da cidade vizinha de Sorocaba, o velório e enterro do garotinho deve acontecer na tarde desta sexta-feira (5). A mãe está em estado de choque e familiares não sabem porque Karina cometeu uma barbaridade como esta.

Ela foi presa e irá responder por homicídio qualificado consumado pela morte do irmão, tentativa de homicídio do tio e maus-tratos, porque chegou a morder o cão da família que avançou nela enquanto era rendida pelo parente. A audiência de custódia de Karina deve acontecer ainda nesta sexta-feira.

A frieza com que ela contou os detalhes do crime causou estranheza na delegacia onde foi ouvida. As investigações para apurar as causas e motivações do crime terão continuidade.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]