Jovem de 18 anos planejou a morte do companheiro preso com bolo envenenado feito por ela, mas quem acabou comendo foi a filhinha do casal de 1 aninho

O bolo foi feito pela mãe e seria levado para presídio onde o pai está detido.

Uma menina de 1 ano e 11 meses faleceu depois que comeu um bolo que estava envenenado, o bolo feito pela mãe da criança seria levado ao presídio onde o pai da criança está preso.

O caso aconteceu no interior do Acre e a criança acabou não resistindo e veio a óbito.

PUBLICIDADE

A família mora na cidade de Manoel Urbano. A polícia relatou que a mãe fez o bolo, o envenenou e deixou em cima da mesa, ela não percebeu quando a criança se aproximou da mesa.

Pegou o bolo e comeu. Dois adolescentes que também estavam na casa comeram do bolo e logo em seguida passaram mal.

PUBLICIDADE

Os adolescentes foram internados em observação, foram atendidos e se recuperaram bem, já a menina de 1 ano não teve a mesma sorte.
O corpo da menina foi levado para o Instituto Médico Legal IML, na cidade de Rio Branco, para ser submetido a exames cadavéricos.

O gerente de comércio e tio da criança, Ditímo Almeida, foi quem cuidou de tudo, inclusive esperando a liberação do corpo para retornar ao interior do estado.

“Pediram-me para acompanhar tudo. Trouxe às embalagens do leite, manteiga, fermento.

Ela não tinha problemas, era uma criança completamente saudável e muito tranquila, não tinha nenhum tipo de doença, só mesmo coisas comuns como uma gripe”.

De acordo com informações passadas pelos familiares, a mãe da menina tem apenas 18 anos e está em estado de choque, pois não tinha intenção alguma de ferir a criança.
Ainda segundo os parentes ao saber do falecimento da menina, o pai ficou muito transtornado e teria até chegado a tentar suicídio na prisão.

“Ele está louco, louco. Quebrou tudo dentro da cela. Ela sempre ia lá e levava comida, bolo e essas coisas pra ele nas quartas.

A polícia o levou lá em Manoel Urbano para se despedir da filha. Ele queria até tentar se matar dentro do presídio”, comentou.

O tio disse que a menina era a única filha do casal. Os adolescentes que passaram mal são primos da criança, segundo o tio eles iriam ter alta hospitalar logo.

Não foram divulgados os motivos que levaram a mãe a envenenar o bolo.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]