Jovem perde seu namorado em acidente, mas acaba apaixonada pelo socorrista de plantão

“Ele me trouxe o sorriso de volta. Havia perdido o gosto de viver e ele me fez querer isso novamente”.

Após o acidente, a jovem que tinha acabado de perder o namorado foi até o batalhão em que o socorrista do dia do acidente de seu namorado pedir obrigada, porém acabou-se apaixonando pelo socorrista.

“O Paulo me trouxe o sorriso de volta. Tinha perdido o gosto de viver e ele me fez desejar isso novamente”.

PUBLICIDADE

Esta foi a frase de Katriana Braga do Nascimento. Em 2009, a mulher sofreu um grave acidente de carro e acabou perdendo o namorado. Resgatada por bombeiros, após a recuperação ela foi até o quartel de Cachoeiro de Itapemirim, município que mora, ao Sul do Espírito Santo, e acabou conhecendo o atual companheiro. A relação de amizade foi o ponto de partida para o amor.

Devido ao acidente, Katriana manteve-se internada em um hospital por volta de cinco dias, porém não teve mais complicações.

PUBLICIDADE

“Depois que o Luan, meu namorado antes do Paulo, morreu, minha vida perdeu o sentido. Não tive mais vontade de nada, tudo perdeu a graça. Cogitava nem tão cedo me envolver com mais ninguém. Foi um período muito difícil na minha vida”, relatou.

Após a sua saída do hospital, a jovem foi ao batalhão agradecer aos socorristas. De acordo com Paulo, foi paixão a primeira vista. O namoro entre Katriana e Paulo demorou para começar, conforme a jovem, ela não se sentia pronta para iniciar um novo relacionamento.

No dia dos namorados, eles decidiram antecipar as datas, pois o socorrista estava em um treinamento em Brasília, a jovem foi até lá, mas segundo ela, ele a surpreendeu, e fez uma surpresa.

Ressaltamos que este novo casal foi formado após um acidente, em 2009.

   PM agride dona de lanchonete por erro em sanduíche e é preso

Um PM, lotado no 9° BPM (Rocha Miranda), na zona norte do Rio de Janeiro, foi preso administrativamente na última quinta-feira (21), por ter agredido a dona de uma lanchonete em Curicica, na zona oeste da cidade.

De acordo com apuração da TV Globo, a razão foi que o pedido feito chegou incorreto à casa do policial. Após discussão pelo telefone, o homem chegou armado ao estabelecimento e iniciou com as agressões.

Conforme a Secretaria de Polícia Militar, o policial foi identificado por câmeras do sistema interno do estabelecimento. Nas imagens, é possível analisar o homem entrando na lanchonete, e discutindo com a mulher. Em seguida, a segura pelo cabelo e a joga no chão. Caída, leva golpes na cabeça e chutes, sendo carregada pelo cabelo até a porta do estabelecimento.

O PM foi ouvido na 2ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) e, em seguida, levado a 32ª DP (Taquara), delegacia responsável pela investigação. A Polícia Militar não informou o nome do agressor.

A Secretaria informou ainda que “em paralelo às investigações da Polícia Civil, foi aberto um procedimento apuratório da corporação para apurar as circunstâncias do fato”. Ele poderá ser acusado pelos crimes de lesão corporal, injúria, ameaça e crime de falsa identidade.

Veja as imagens das câmeras de segurança da lanchonete (Aviso: as imagens são fortes):

 

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]