Jovem tira a vida do próprio filho de apenas três dias com requintes de crueldade no Paraná

De acordo com informações a jovem teria sofrido uma depressão pós-parto.

Mãe é sinônimo de cuidado, amor e proteção, mas infelizmente não são todas que podem ser incluídas nessa linda missão que é ser mãe, pois algumas mulheres apesar de ter um filho, não possuem o mínimo instinto maternal.

Algumas mulheres são frias e capazes de cometer barbaridades contra um filho sem sequer pensar duas vezes.

Quando uma mulher tem um filho e é obrigada a dar a criança para adoção por não ter condições de cuidar da criança é algo até aceitável desde que a criança seja entregue com segurança sem ser abandonada em qualquer lugar sendo exposta a riscos.

Mas é inaceitável quando uma mulher comete crime ou maus tratos contra o seu próprio sangue. Não dá para entender o que se passa na cabeça de uma criatura assim.

Como no caso a seguir onde uma jovem mãe foi capaz de cometer uma barbaridade contra o próprio filho de apenas 3 dias. O caso aconteceu nessa quarta-feira (17), a mãe teria esfaqueado o recém-nascido em Faxinal, no norte central do Paraná.Clique na seta abaixo, após a publicidade, para continuar lendo a matéria.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2