Laudo do IML é divulgado com a causa da morte da mãe dos trigêmeos e familiares ficam desolados

Passado uma semana da morte, o hospital emitiu a certidão de óbito, divulgando qual seria a causa da morte.

A história de Camila Cassimiro se tornou bastante conhecida, isso porque a mulher de 32 anos de idade morreu logo após dar a luz a seus filhos trigêmeos.

Camila deu a luz as criança no último dia 26 de janeiro, no entanto ela acabou tendo algumas complicações no momento do parto e precisou passar por cirurgia, no entanto veio a falecer no último dia 28 de janeiro na cidade de Itajaí.

PUBLICIDADE

Ela recebeu atendimento no hospital Marieta Konder Bornhausen, e após a morte de Camila, o hospital não divulgou o que teria causado o seu óbito.

Passado uma semana da morte, o hospital emitiu a certidão de óbito, divulgando qual seria a causa da morte, de acordo com as analises, a mulher morreu devido uma atonia uterina.

PUBLICIDADE

Que teria causado um choque hemorrágico grave e muito intenso, o que se trata de uma hemorragia do pós operatório. De acordo com exames realizados para entender o porque dessa complicação, comprovou que a hemorragia foi decorrente aos outros partos anteriores.

De acordo com Ricardo Maia, o vice-presidente da Associação dos Médicos Obstetras e Ginecologistas de Santa Cataria, relatou que Camila estaria enquadrada em todos os pontos de risco da gestação. E isso teria ocorrido devido o útero não possuir a capacidade correta de se contrair.

Após o resultado, os familiares ficaram bastantes desolados, ainda mais o esposo de Camila que teve que lidar sozinho com a grande responsabilidade de cuidar dos 7 filhos sozinhos.

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.