Madrasta é presa por torturar e forçar enteado a viver dentro de um armário no EUA

Absurdo madrasta é presa por torturar e forçar enteado a viver dentro de um armário veja caso !

Esta semana, começou o julgamento de uma mulher acusada de um dos casos mais ultrajantes de abuso infantil que aconteceu no Texas, Estados Unidos.

A mulher foi presa e está sendo acusada de torturar seu enteado por quase um ano. Identificada como Tammi Bleimeyer, de 37 anos, ela foi acusada por seus vizinhos de maltratar cruelmente seu enteado, de cinco anos de idade, a ponto de causar danos psicológicos irreversíveis.

A mídia local apontou que Tammi forçou a criança a ficar em casa, seminua; e, na maioria das vezes, o pequeno usava uma fralda suja. Além disso, seu quarto era um pequeno armário sob as escadas, um cenário semelhante às experiências literárias na infância do famoso mago Harry Potter.

PUBLICIDADE

Depois de várias denúncias anônimas contra a mulher, as autoridades receberam uma ordem para entrar na casa de Tammi e procurar o pequeno Jordan.

As autoridades do Texas disseram que Jordan pesava 13 quilos, tinha problemas psicológicos e, devido à situação brutal a que foi submetido, o corpo médico das crianças comparou sua saúde com a de um sobrevivente do holocausto.

“O espaço era extremamente pequeno, com fios e pregos expostos, apenas o colchão sujo estava no centro; esta criança sofreu episódios muito cruéis“, disse a polícia.

PUBLICIDADE

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]