Mãe de 19 anos agride bebê de 6 meses com tapas no rosto após chegar embriagada de festa e ficar irritada com o choro do filho

A avó do bebê chamou a Polícia Militar, pois estava com medo que acontecesse alguma coisa com o neto.

Segundo relatos da família que mora na região metropolitana de São Paulo, a mãe de 19 anos agrediu o bebê por ter discutido com a família, a avó cuidava da criança enquanto a jovem havia ido para uma festa, o caso aconteceu na última quinta-feira (2).

De acordo com a Polícia Civil, a mãe do bebê tem apenas 19 anos, a criança de 6 meses ficava sob os cuidados da avó, ela saiu para uma festa quando voltou estava alterada, embriagada e discutiu com os membros da família.

PUBLICIDADE

A jovem desagradada e contrariada com alguns parentes, chegando em casa e ouvindo o barulho, o choro da criança, passou a agredir o bebê de apenas seis meses com tapas forte no rosto.

A avó do bebê chamou a Polícia Militar, pois estava com medo que acontecesse alguma coisa com o neto, a polícia compareceu a residência e o bebê foi levado para o Pronto Atendimento, ele estava ferido, tinha vários hematomas no rosto e permaneceu internado.

PUBLICIDADE

A polícia informou que ao conversar com a jovem de 19 anos, não perceberam arrependimento e nem se importava com a criança, por volta das 2 horas da madrugada a Polícia Militar recebeu um novo chamado no mesmo endereço, por desentendimento.

Todos foram levados para a delegacia, o caso foi registrado na 4ª DP de Guarulhos, o Conselho Tutelar entrou no caso, provavelmente a criança será retirada da mãe e será colocado sob os cuidados da avó.

Segundo o estatuto da Criança e do Adolescente, todos que suspeitarem de maus-tratos devem comunicar o conselho tutelar, é preciso denunciar maus tratos, negligência, por parte dos pais ou dos responsáveis da criança ou do adolescente, essas práticas precisam ser combatidas, por que deixam marcas na criança por toda a vida, pode causar atraso no seu desenvolvimento, as pessoas que sofreram agressões na infância podem repetir quando forem adultos e muitas vezes os alvos são os próprios filhos.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.