Mãe aguardava a chegada do filho, mas recebeu a notícia que o menino de quase 2 anos foi morto a pauladas pelo pai que não aguentava o choro da criança: “Estou destruída”

O caso aconteceu na madrugada da segunda-feira (17) em Alegrete mais de 500 km de Porto Alegre.

Giane Fortes dos Anjos de 23 anos, estava aguardando a chegada do filho de quase dois anos de idade, tinha preparado o quarto dele, a criança estava sobre a guarda do pai de 19 anos e agora iria ficar com ela, mas os planos de Giane foram interrompidos na segunda-feira (17), a criança foi morta por causa do choro, o pai é o principal suspeito de cometer esse crime horrível.

O caso aconteceu na madrugada da segunda-feira (17) em Alegrete mais de 500 km de Porto Alegre, a mãe falou que não está nada bem, está destruída, ela estava esperando a chegada do filho, estava feliz havia preparado o quarto para ele e tudo de repente desmoronou.

PUBLICIDADE

Giane contou em entrevista que no dia 16 no domingo, recebeu um telefonema da madrinha do filho, falando que o pequeno Márcio dos Anjos Jacques estava no hospital.

O pai do menino tinha passado na casa dela e falado que ele estava no hospital, quando a mãe chegou para ver o que havia acontecido, ele estava na UTI com marcas pelo corpo.

PUBLICIDADE

Giane afirma que não tinha ideia que o filho estava sendo agredido, não via ele desde março, segundo o delegado Valeriano Garcia Neto, a mãe perdeu a guarda da criança por não ter uma residência fixa, por isso o Conselho Tutelar passou a guarda para o pai.

O delegado também informou que as agressões aconteceram na casa do pai da criança, os tios presenciaram tudo e não fizeram nada para impedir.

A polícia tem nove dias para finalizar o inquérito, as pessoas presentes na casa serão ouvidas por que foram omissos diante do caso, o pai será indiciado por homicídio triplamente qualificado, por meio cruel e por motivo fútil.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.