Mãe de 16 anos deu a vida para salvar seu bebê de 3 meses, a casa desabou e ela foi retirada protegendo a criança com seu corpo

chovia muito na hora que a casa desabou e vizinhos ajudaram no resgate.

No último domingo (31) uma tragédia se abateu sobre uma família em Cocal e só não foi pior porque uma jovem mãe que foi identificada como Daiane Pereira dos Santos, 16 anos, deu sua vida para proteger a de seu bebê.

Daiane amamentava a criança, uma menina de três meses no momento em que a estrutura da casa ruiu por causa das fortes chuvas que tem assolado a região.

PUBLICIDADE

Daiane se abraçou a sua filha a protegendo com seu corpo evitando assim a morte da criança. Daiane recebeu todos os impactos dos escombros da casa, mas a menina não se feriu por causa do amor de sua mãe que a salvou da morte. Daiane foi retirada dos escombros, mas ela não resistiu e morreu a caminho do hospital.

“Quando os vizinhos a retiraram dos escombros, eles contaram que a jovem estava abraçada com o bebê de três meses. Ela chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos.

PUBLICIDADE

Tudo ocorreu por volta das 22h de domingo, quando chovia bastante em Cocal”, contou o soldado Fábio, da 2ª Companhia de Polícia Militar.
Daiane dos Santos vivia na casa com o marido, Erisvaldo, e suas duas filhas, uma com 4 anos e outra de três meses de idade que estava com a mãe na hora do acidente.

O marido e menina de 4 anos não se feriram porque estavam em outro cômodo da casa que não caiu.

“Os familiares estão recebendo apoio do Centro Social do município, do Conselho Tutelar e da Defesa Civil. A população de Cocal está bastante sensibilizada e está ajudando a família com doações”, contou o PM.

Daiane foi socorrida pelas equipes de resgate e levada imediatamente para o hospital, no entanto enquanto estava próximo ao município de Buriti dos Lopes a jovem não suportou mais e veio a óbito a caminho do hospital.

As informações são de que chovia muito na hora em que a casa desabou. A família é de condição humilde e a casa em que moravam era muito velha o que pode ter causado o acidente. Uma fatalidade que tirou a vida de uma jovem mãe, deixando o marido e duas filhas.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]