Mãe descobre abuso ao encontrar preservativo dentro de criança de 6 anos

A mãe fez a terrível descoberta enquanto dava banho na filha.

Uma mãe levou o maior susto ao dar banho em sua filha de 6 anos, ela acabou fazendo uma terrível descoberta ao encontrar dentro da menina um preservativo.

O caso aconteceu em Manaus e depois de perguntar a filha, a menina acabou confessando que o avô, um homem de 63 anos abusava dela enquanto ela fica sozinha com ele.

PUBLICIDADE

O avô da criança foi preso no último domingo (24), após ser acusado de abusar da própria neta, os abusos aconteciam na casa da família sem que ninguém desconfiasse de nada. Infelizmente casos como esse são mais comuns do que deveriam.

Os dados de abusos contra crianças no Brasil são absurdos e mostram um aumento significativo no número de crianças e adolescentes que são vítimas de abusos.

PUBLICIDADE

Geralmente o culpado está dentro de casa ou bem próximo da criança e acabam praticando o abuso mais de uma vez deixando sequelas psicológicas e traumas que dificilmente serão superados na vida adulta. Essas crianças sofrem ameaças constantes e por isso não contam o que estão sofrendo.


Os pais precisam estar atentos, pois geralmente as crianças que estão sendo vitimas de abusos dão alguns sinais, como mudança de comportamento, choro fácil, fraco rendimento na escola, medo de ficar sozinha e nervosismo na presença do abusador.

Os pais precisam conhecer seus filhos ao ponto de saber identificar qualquer sinal que denuncie que a criança esteja sofrendo algum tipo de abuso, seja psicológico como no caso do bullying ou físico.

A menina contou tudo à mãe depois que a mãe encontrou o preservativo preso dentro do ânus da criança. A mãe então perguntou o que havia acontecido com ela e a filha contou que o avô havia feito várias vezes.

Revoltada, a mãe então chamou a polícia e entregou o pai que foi preso e irá responder pelo abuso contra a menor.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente. A vítima está recebendo acompanhamento médico e psicológico. A mãe da menina disse que nunca suspeitou do pai e avô da filha e que tinha confiança em deixar a criança com ele, o que aconteceu várias vezes.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]