Mãe de menina de 11 anos espancada até a morte batia nela com frequência “Odiava a filha”

O conselho tutelar já havia sido chamado por diversas vezes sem sucesso

A alguns dias foi noticiado a morte da menina Clara Regina, a criança tinha apenas 11 anos e a principal suspeita pela barbárie é a própria mãe da menina que foi encontrada no dia seguinte (25) pela polícia e admitiu ter batido na criança.

Uma testemunha disse que a mãe nunca gostou da menina e que ela sempre apanhava dela, até mais que os outros 8 irmãos, denuncias sempre foram feitas para o conselho tutelar que às vezes aparecia na casa inclusive no dia do ocorrido haviam estado lá para averiguação, mas não levaram a menina apenas pediram que ela fosse a uma unidade de saúde fazer um laudo de possíveis lesões.

PUBLICIDADE

Clara foi encontrada pelo padrasto e outros irmãos deitada em uma cama e coberta com lençol, segundo os familiares ela aparentava estar dirimindo, estava na casa da irmã mais velha que fica no mesmo lote que a da mãe.

No momento em que foi encontrada a menina já estava com parada cardiorrespiratória e os bombeiros não conseguiram  reanimar indo a óbito no local de atendimento, a mãe já havia saído de casa quando a família chegou e ao entrar em contato disse que iria se entregar.

PUBLICIDADE

Duas madeiras foram achadas na casa que podem ter sido usadas para espancar a menina, elas foram levadas para análise, as investigações continuam e os outros filhos da mulher iram prestar depoimento os menores de 16, 14 e 8 estão com o conselho tutelar.

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.