Mãe morre de Covid sem saber que o filho com microcefalia também havia falecido: ‘Sentiu a morte dele’

Mulher morreu 18 dias depois da morte do filho de apenas 11 anos que tinha microcefalia.

Neucy Prudente morava em Botacutu, no interior de São Paulo. Morava com seu marido e três dos seus sete filhos. Ainda não se sabe como o Coronavírus chegou até a casa da família.

Existia muita preocupação, pois um dos filhos do casal, Gabriel de 11 anos, tinha microcefalia e suas chances de sobreviver se contraísse ao vírus causado pela Covid-19 eram muito baixas.

PUBLICIDADE

No dia 23, foi feito o teste em Neucy que resultou o que a família temia o positivo. Já de seu filho Gabriel, havia dado negativo. Dois dias depois o quadro de Neucy piorou e ela acabou tendo que ser internada no pronto-socorro da cidade. Na madrugada do dia seguinte (26), seu filho Gabriel teve uma convulsão e teve que ser levado para o Hospital das Clínicas da Unesp.

Mais um teste de Covid-19 realizado no local, só que dessa vez mostrou que o menino havia contraído o vírus ao contrário do teste anterior. Gabriel havia ficado internado entre os dias 26 e 30, quando não resistiu e veio a falecer.

PUBLICIDADE

Por indicações dos médicos, a família resolveu não revelar sobre a morte de seu filho para Neucy, mas acredita-se que ela sentiu a morte dele. No dia 30, enquanto os familiares velavam Gabriel, o quadro de Neucy piorou. Ela foi encaminhado para a unidade de terapia intensiva (UTI), mas acabou não resistindo e veio a falecer no dia 18 de maio.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.