Mãe que injetou água sanitária e sabonete líquido em sua filha recém-nascida recebe o castigo merecido

A mulher recebeu o castigo que merecia pela covardia feita a própria filha.

A mãe foi presa depois de ter confessado a polícia que torturava a própria filha injetando água sanitária e sabonete líquido nos ouvidos da menina e no umbigo até sangrar desde que a criança tinha apenas 1 mês de vida, recebeu enfim o castigo merecido.

Ela foi presa e terá que pagar por cada sofrimento que infligiu a própria filha, uma criança indefesa que não podia reagir.

A criança tinha cortes por todo o corpo feitos pela própria mãe que não pode explicar exatamente porque torturava a criança:

“Eu a levei ao hospital para tratamento. Mas quando eles a deixaram voltar para casa, continuei torturando-a”, admitiu a mãe, que também injetou produtos na veia da criança enquanto a filha estava no hospital.

A criança viveu um verdadeiro pesadelo nas mãos da mãe e quando tinha 9 meses precisou ser internada com a saúde muito debilitada, no entanto os médicos não descobriram o que acontecia com a criança, mas quando finalmente perceberam que a mãe era a causadora de todo o mal eles proibiram a entrada dela dizendo que a criança precisaria ficar em isolamento.Clique na seta abaixo, após a publicidade, para continuar lendo a matéria.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2