Mãe que injetou água sanitária e sabonete líquido em sua filha recém-nascida recebe o castigo merecido

A mulher recebeu o castigo que merecia pela covardia feita a própria filha.

A mãe foi presa depois de ter confessado a polícia que torturava a própria filha injetando água sanitária e sabonete líquido nos ouvidos da menina e no umbigo até sangrar desde que a criança tinha apenas 1 mês de vida, recebeu enfim o castigo merecido.

Ela foi presa e terá que pagar por cada sofrimento que infligiu a própria filha, uma criança indefesa que não podia reagir.

PUBLICIDADE

A criança tinha cortes por todo o corpo feitos pela própria mãe que não pode explicar exatamente porque torturava a criança:

“Eu a levei ao hospital para tratamento. Mas quando eles a deixaram voltar para casa, continuei torturando-a”, admitiu a mãe, que também injetou produtos na veia da criança enquanto a filha estava no hospital.

PUBLICIDADE

A criança viveu um verdadeiro pesadelo nas mãos da mãe e quando tinha 9 meses precisou ser internada com a saúde muito debilitada, no entanto os médicos não descobriram o que acontecia com a criança, mas quando finalmente perceberam que a mãe era a causadora de todo o mal eles proibiram a entrada dela dizendo que a criança precisaria ficar em isolamento.
A mãe confessou que antes de ser proibida de ver a filha mesmo no hospital, ela ainda continuava injetando água sanitária e sabonete na menina, pois queria que a filha morresse.

Depois que foi proibida de ver a criança a menina começou a melhorar e os médicos então tiveram certeza que a mãe era responsável por seu estado de saúde grave, quando foi pressionada pela polícia ela então decidiu contar toda a verdade.

Ao revelar a verdade, a mulher foi presa imediatamente e terá que pagar pelos seus atos covardes contra a criança, além de ser presa ela teve toda sua vida também destruída, pois seu marido ao descobrir o que ela fazia com a própria filha a abandonou e a mulher se viu sozinha sem apoio e sem ninguém.

Um castigo na verdade não muito duro para quem foi capaz de fazer coisas terríveis com uma criança inocente e indefesa.

Maus-tratos contra criança é crime e dependendo da gravidade do caso e do país em que se vive ela poderia ter pegado até mesmo a pena de morte.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]