Mãe que matou a própria filha após denúncia de abuso contra o padrasto, diz que está com medo de morrer na cadeia

A mulher contou detalhes do crime cometido á policia, e afirmou que estava tomada por muita raiva, e por isso teme pelo o que pode ocorrer com ela.

A mulher de 29 anos, foi autuada em flagrante há pelo menos 3 dias, após tirar a vida da filha de apenas 10 anos de forma triste e inacreditável

O crime ocorreu na cidade de Brasilândia, situada na região leste do estado do Mato Grosso do Sul, e deixou muitas pessoas chocadas com a atitude fria da mulher em relação a filha.

Ao ser questionada pelos policiais, a mulher afirmou que só falaria diante do juiz, e somente á ele revelaria o porque tirou a vida de sua filha.

Segundo conta nas investigações, a menina teria sido morta pela mãe após denunciar abusos cometidos pelo padastro, possivelmente a mulher havia ficado com ciumes do companheiro e tomado essa atitude.

De acordo com a informação dada pelo delegado responsável pelas investigações, Thiago Passos, a mulher teria afirmado que não daria nenhum depoimento a não ser diante do juiz, de maneira informal.

Escrito por Margareth Santos

Me chamo Margareth Santos, Sou mãe e tenho uma família linda, Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.