Mandetta se reúne com equipe para comunicar que será demitido ainda nesta semana

O ministro da Saúde declarou em reunião que será demitido de seu cargo ainda esta semana

Em uma reunião com a equipe do Ministério da Saúde na noite desta última terça-feira (14) o ministro Luiz Henrique Mandetta avisou que o presidente Jair Bolsonaro está buscando por uma outra pessoa que poderá substituí-lo em seu cargo no governo agora.

O clima era de despedida no momento, e Mandetta declarou que será demitido do cargo ainda nesta semana. O acordo é que ele espere até que seja encontrado um substituto para o cargo de ministro agora. As informações foram divulgadas pela Folha de São Paulo.

PUBLICIDADE

Na noite da última terça-feira (14) Mandetta participou de uma entrevista coletiva que aconteceu no Palácio do Planalto, e logo depois foi feita a reunião junto com a sua equipe.

Alguns dos membros chegaram a sugerir que ele pedisse demissão de imediato, mas a ideia foi rejeitada pelo ministro. Antes da coletiva em questão ele havia participado da reunião do conselho que aconteceu.

PUBLICIDADE

Desde o início da pandemia do coronavírus Bolsonaro e Mandetta estão apresentando divergências quanto as atitudes que deverão ser tomadas, e o presidente chegou até mesmo ameaçar que o ministro fosse demitido.

A insatisfação de Bolsonaro com o ministro é pelo fato de que o presidente não concorda com a forma como o ministro vem lidando com a crise, e pela insistência do mesmo em relação ao distanciamento social, algo que o presidente não concorda que seja feito e é pedido a todo momento por Mandetta que seja mantido.

Em uma entrevista que foi ao ar no domingo (12) pelo Fantástico, Mandetta afirmou que o ápice dos casos do novo coronavírus acontecerão entre maio e junho deste ano, e reforçou a importância de que a população se mantenha em casa neste momento.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.