Massacre em Suzano: polícia divulga nomes e fotos dos atiradores

A polícia identificou e divulgou o nome dos atiradores que promoveram o massacre em Suzano.

Na manhã desta quarta-feira (13), dois jovens fortemente armados invadiram a Escola Estadual Raul Brasil, localizada no Jardim Imperador, na cidade de Suzano, interior de São Paulo e abriram fogo contra os alunos e funcionários da instituição de ensino.

De acordo com as informações do portal de notícias G1, a Polícia Militar já identificou os atiradores que segundo as primeiras informações teriam cometido suicídio logo depois de realizarem o massacre; saiba mais.

PUBLICIDADE

Massacre em Suzano: polícia divulga nomes e fotos dos atiradores.

A polícia divulgou o nome dos assassinos, são eles, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos. Os dois cometeram suicídio em seguida.

PUBLICIDADE

Castro completaria 26 anos no próximo sábado. Foram confirmadas 10 mortes e 10 feridos, mas os números podem aumentar já que as informações ainda são desencontradas.


O tio de um dos jovens, proprietário de uma empresa de venda de veículos também foi alvejado pelo sobrinho, antes dos atiradores seguirem para a escola e cometerem o massacre.

Os dois jovens chegaram na escola de carro e entraram tranquilamente na escola e após alguns segundos alunos começaram a correr desesperadamente.

A polícia confirmou que os atiradores eram ex-alunos da escola e que Guilherme foi convidado a se retirar da instituição de ensino por mal comportamento.

Veja o vídeo do momento em que os atiradores chegam a escola:

Eles ingressaram na escola, atiraram na coordenadora pedagógica, atiraram numa outra funcionária. Estava na hora do lanche, eles se dirigiram ao pátio, atiraram em mais quatro alunos do ensino médio. Nesse horário, só havia alunos do ensino médio, e [os autores do ataque] dirigiram-se ao centro de línguas.

Os alunos do centro de línguas se fecharam na sala com a professora e eles [criminosos] se suicidaram no corredor”, disse o coronel Marcelo Salles, comandante-geral da PM.

Fotos no Facebook

Um dos dois atiradores da Escola Estadual Professor Raul Brasil, teria publicado cerca de trinta fotos em uma conta no Facebook atribuída a ele na manhã desta quarta, pouco antes do crime.

Nas fotos Guilherme Taucci aparece com a mascára que ele usou durante o massacre, vizinhos do jovem afirmam que ele sempre foi calado e muito reservado, a polícia segue investigando as reais causas do massacre.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]