Médico que realizou aborto da menina de dez anos diz que ela está aliviada

A menina grávida de apenas dez anos que sofria estupros constantes do tio precisou se deslocar do Espírito Santo para Pernambuco para conseguir realizar o aborto.

A criança tem recebido ameaças constantemente e o assunto sobre o aborto tem sido muito debatido nas redes sociais.

PUBLICIDADE

Várias denominações religiosas se moveram contra a atitude do médico e também do hospital onde foi realizado o procedimento.

O médico Olímpio Barbosa de Moraes Filho concedeu uma entrevista ao Globo News e alegou que a menina estava aliviada após o procedimento.

PUBLICIDADE

Ele também chegou a ser hostilizado após saberem que seria o médico responsável por executar o aborto da criança.

Ademais, o hospital onde foi realizado o procedimento recebeu uma manifestação para impedir que o aborto fosse realizado. O médico também relatou a Globo News que a criança estava acompanhada se sua avó e uma assistente social que, questionou a quebra de sigilo, por ter vazado o nome da criança e também o hospital que seria realizado o procedimento.

Olímpio Barbosa de Moraes Filho ainda diz que espera que o sofrimento da menina tenha diminuído e que seja realizado o sigilo para que a menina possa continuar sua vida.

A criança além de ter sido estuprada durante quatro anos pelo tio, engravidado, realizado um aborto, ainda tem sofrido com as críticas da sociedade e sido alvo de ataques nas redes sociais, principalmente religiosos. principalmente religiosos.

 

Via: uol.com.br

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.