Menina de 14 anos descobre que está grávida na hora de dar à luz no Piauí; avô é suspeito de ser o pai: “Vô, não faça isso, eu sou sua neta”

Só foi descoberta a gestação, quando no oitavo mês a menina teve fortes dores abdominais e precisou de procurar ajuda médica.

No último dia treze de novembro, uma adolescente sentiu fortes dores abdominais, e precisou de ir até uma unidade hospitalar. Quando foi procurar atendimento médico, descobriu que estava grávida no momento de dar à luz.

Por medo, de várias ameaças que recebia, ela escondeu durante dois anos, que era vítima de abusos. O principal suspeito, é o avô paterno, que depois da denúncia ter sido apresentada, não foi possível localizá-lo.

PUBLICIDADE

Segundo as informações das autoridades responsáveis, não podem se posicionar sobre o caso, uma vez que está em segredo de justiça. Quando a menina deu entrada no servido hospitalar, a enfermeira que estava no local de imediato suspeitou que a adolescente estivesse grávida, e a menina de imediato foi reencaminhada para a Maternidade Dona Evangelina Rosa, onde entrou em trabalho de parto, e deu à luz um bebê.

Depois de ser realizado o parto, segundo as informações por parte da mãe, a menina acabou por confessar que era estuprada desde os seus doze anos. E o principal suspeito era o avô paterno.

PUBLICIDADE

A mãe conta que após a separação com o pai da menina, ela passou a residir em casa do pai juntamente com os avós do mesmo. A menina contou à mãe, que quando estava sozinha com o avô era vítima de abusos.

“É um desespero enorme, porque a gente não é capaz de imaginar que o próprio avô, tem coragem de fazer uma barbaridade dessas à neta. Ela falava:”Vô, não faça isso, eu sou sua neta”, e ele aproveitava os momentos que o pai da menina e a esposa saiam para ir trabalhar, e cometia os atos”, conta a mãe.

O caso está sobre investigação.

Segundo Renata Bezerra, conselheira titular foi chamada, e está acompanhando o caso. Ela relata que o caso foi apresentado na Central de Flagrantes, uma vez que a delegacia responsável está estava encerrada no dia 13.

Mas recentemente, o caso chegou até às identidades responsáveis, até ao momento, a mãe da menina ainda não prestou depoimento sobre o caso. Os responsáveis, informaram que até ao momento não poderiam dar qualquer informação sobre o ocorrido, por se tratar de uma adolescente e o caso segue em segredo de justiça.

Após todo ocorrido, a mãe da adolescente, perante tal situação, pede que uma solução para o caso. O suspeito, continua foragido por parte incerta desde o dia que a menina deu à luz. A menina e o bebê, estão sob os cuidados da mãe.

“Apenas quero que as principais autoridades, tomem providência porque jamais a gente imaginaria que isso pudesse vir a acontecer”, lamenta a mãe.

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!