Menina de 9 anos, precisou raspar o cabelo e ser hospitalizada após salão fazer progressiva sem autorização do pai

A dona do salão alega ter usado produto orgânico que não faria mal a criança

Um pai conta como foi para sua filha ter o cabelo negligenciado por um salão de beleza, segundo ele a criança tem apenas 9 anos e precisou ter a cabeça raspada também disse que ela está muito triste e com o psicológico abalado desde então.

Flávio Sousa tem 38 anos e diz que a filha não sai mais de casa após ter ido ao salão para fazer uma hidratação simples e ter saído de lá com o cabelo todo alisado, o pai que conhecia a cabeleireira há muito tempo deixou a criança para hidratar o cabelo e saiu.

PUBLICIDADE

Yasmim tem o cabelo todo cacheado e quando o pai voltou, a mulher com um salão próximo a sua casa, estava fazendo uma progressiva na criança, ele conta que lhe perguntou se isso não faria mal por ser muito jovem e ela disse que não.

PUBLICIDADE

Após dois dias do procedimento feito a criança começou a ter uma reação inesperada, com muita coceira no coro cabeludo e vomito, além de ter ficado com os olhos completamente inchados, ao ir ao posto de saúde o diagnóstico foi alergia e mandada de volta para casa, mas a situação piorou e a menina não conseguia mais abrir os olhos.

Yasmim ficou internada por alguns dias tomando remédios entre eles antibióticos e com 12 dias após não ter se recuperado precisou ter o cabelo raspado e ter a cabeça drenada já que virou uma grave infecção.

A menina precisou de 28 dias no hospital, a responsável pelo salão disse que não usou formol no cabelo da criança, mas a família não acredita, um processo foi aberto contra o salão e a criança se recupera bem.

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.