Menina de 10 anos deu a luz, revelação sobre a identidade de quem é o pai é chocante

A menina de apenas 10 anos, sofreu abuso, ficou gravida e deu a luz a um menino.

A cada dia que passa aumenta os índices de abusos contra menores, histórias tristes e totalmente assustadoras, relatam a prática de abusos sexuais contra mulheres de todas as idades.

Estes relatos são ainda mais chocantes, quando as vítimas são apenas meninas, crianças inocentes, menores de idade e incapazes de se defender.

PUBLICIDADE

Está é uma destas a histórias, uma menina colombiana, sofreu abuso sexual e acabou ficando grávida. O abusador, era uma pessoa, que estava mais próxima da criança, do que conseguimos imaginar.

Ela é uma menina, bem precoce, com apenas 10 anos de idade, deu à luz a um menino. O caso aconteceu na cidade de Florência na Colômbia.

PUBLICIDADE

A menina de apenas 10 anos, foi submetida a um parto cesárea, por conta de ainda ser uma criança, e tudo ocorreu bem, as duas crianças não tiveram maiores complicações de saúde.

Os médicos responsáveis pelo caso, deram um parecer sobre o estado de saúde da mãe e do filho, e contaram a terrível história por traz desta gravidez precoce.
Os médicos responsáveis, trouxeram à tona quem era o pai do bebê que esta menina trouxe ao mundo. Segundo eles, o pai do bebê é o próprio irmão da garota. Eles informaram, que a menina sofria abusos sexuais pelo irmão mais velho.

O Diretor do hospital onde a garota foi internada para fazer o parto, Camilo Dias, falou a imprensa local, que as informações eram de que a menina havia sido estuprada por um membro da família: “De acordo com as informações que nós recebemos da polícia, a menor ficou grávida após ter sido estuprada por um membro da família, aparentemente o seu irmão mais velho”disse.

Segundo informações obtidas também através da imprensa local, os pais da menina não quiseram prestar queixa contra o filho mais velho pelo crime de estupro.

Apesar desta decisão tomada pela família, o caso está sim, sendo investigado pela polícia da cidade de Puerto Leguizamo, onde eles vivem.

Não foi informado, sobre o paradeiro da menina e de seu filho. Se ambos teriam retornado para casa, ficando aos cuidados dos pais, se estão sobre cuidados dos avós ou se estão sobre cuidados e proteção de outras pessoas ou até mesmo do conselho tutelar.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]