Mesmo com grande experiência na prestação dos cuidados médicos eles afirmam: ” Não podemos nos conformar com a escalada das mortes por Covid-19″

O crescimento de casos nos países pobres onde o sistema de saúde é frágil ou até mesmo inexistente acaba complicando o problema.

A pandemia de Covid-19 está desafiando a todos e é uma situação vivida em todo mundo que não se compara a nada do que já foi vivido. A doença tem desafiado a medicina e a ciência, pois até então não foi descoberto uma vacina que possa imunizar toda a população mundial e extinguir de vez o vírus.

Os Profissionais de Saúde estão na luta constante e mesmo diante da vasta experiência dos médicos do mundo inteiro e também dos médicos sem fronteiras na prestação dos cuidados médicos em condições mais extremas possíveis, todos foram pegos de surpresa diante da capacidade mortal do vírus. O crescimento de casos nos países pobres onde o sistema de saúde é frágil ou até mesmo inexistente acaba complicando o problema.

PUBLICIDADE

No Brasil o sistema público de saúde antes conseguiu resolver crises menores, no entanto está sendo forçado além de seu limite e em diversos locais do país já entrou em colapso.

Os médicos estão tendo que trabalhar em abrigos e instalações que foram improvisadas. E a situação se torna dramática, pois os médicos estão presenciando o esgotamento das vagas nas UTIs para os pacientes mais graves e muitos ficam sem a assistência devida.

PUBLICIDADE

O problema não é somente o número crescente de casos, mas a dura realidade enfrentada pelos Profissionais de Saúde, pouco estoque de materiais de proteção e muitos profissionais de saúde morrendo infectados pela doença. Profissionais que estão se sentindo vulneráveis diante de tão grande ameaça.

Esses médicos condenam com indignação o descaso por causa do grande desalinhamento entre as orientações que estão sendo passadas nos diferentes governos. Ressaltam que este é o momento de agir para depois não se arrepender com o grande impacto da doença na vida daqueles a quem amamos e pedem para as pessoas que puderem ficar em casa e os que não podem se protegerem o máximo que puderem.

 

Via: msf.org.br

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.