Modelo teve perna amputada por causa de infecção pelo mau uso do absorvente interno, entenda

Ela já tinha amputado uma das pernas antes por causa de uma infecção gravíssima ,e acabou perdendo a outra.

A vida da modelo Lauren Wasser mudou completamente depois que ela procurou o hospital com sintomas parecidos com uma gripe comum. Ela foi imediatamente internada e acabou tendo a perna amputada.

O fato aconteceu por causa do mau uso de um absorvente interno, a modelo deixou o absorvente por muito tempo sem o trocar e isso acabou gerando uma grave infecção.

PUBLICIDADE

Síndrome do choque tóxico

A síndrome do choque tóxico (SCT) é uma doença fatal causada por exotoxinas liberadas pelas bactérias Staphylococcus aureus e Strptococcus pyogenes.

PUBLICIDADE

Os principais sintomas são: febre, hipotensão, descamação na pele, mialgia, vômito, diarreia e dores de cabeça.

O fato ocorrido com a jovem é algo muito raro. A síndrome ocorre por causa da contaminação de bactérias no organismo e isso pode surgir a partir de uma simples ferida, ou até mesmo pelo mau uso do absorvente que foi o caso da modelo.
O absorvente ficou muito tempo em contato com a pele da modelo e acabou gerando a infecção gravíssima que resultou na perda de sua perna.

Ginecologistas orientam que os absorventes devem ser trocados a cada 4 horas para evitar esse tipo de infecção.

Quando isso não for possível, evitar que a troca passe de oito horas, é bom fazer um revezamento entre o absorvente interno e outro tipo de absorvente.

A amputação da perna direita aconteceu há um tempo e já naquela época os médicos disseram que era melhor que amputassem as duas pernas.
Ajovem relutou muito e decidiu que não iria amputar as duas pernas, apenas uma, mas infelizmente o pior aconteceu e ela acabou tendo que fazer mais uma cirurgia para amputar a outra perna, uma situação complicada para uma jovem que trabalha com sua aparência.

Apesar de toda essa situação difícil que a jovem acabou enfrentando, ela não desanimou e mostra em suas redes sociais que é possível sim superar as dificuldades.

Ela mostra que da para levar a vida em frente aprendendo a lidar com cada situação e aprendendo a viver com as limitações impostas pela sua nova realidade.

Viver sem as duas pernas, mas ela tem demonstrado muita garra e disse que não vai desistir, pois a cada novo obstáculo vencido surge novas esperanças.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]