Morreu a jovem que foi intubada com Covid-19, após parto de emergência, um dia depois da filha ter alta:”Estamos lhe esperando mamãe”, disse namorado após a alta da filha

A jovem tinha vinte e quatro anos, e permanecia na unidade hospitalar paulista desde o dia 7 desse mês.

Giulia Mara Santos de Oliveira, foi diagnosticada com coronavírus, e necessitou de ser intubada, logo após ter dado à luz por parte de emergência. A jovem não resistiu à doença, e morreu um dia após a filha ter tido alta, em Santos. A gestante tinha apresentado os primeiros sinais da doença, há aproximadamente um mês, e permanecia hospitalizada há aproximadamente vinte dias.

PUBLICIDADE

Ao G1, os familiares confirmaram a morte da jovem, e explicaram que ela foi sepultada nesta sexta (26). De acordo com Alessandro da Conceição Ferreira, de vinte e sete anos, namorado já vítima, publicou uma foto nas redes sociais, onde anunciou que a filha de ambos, que nasceu prematura tinha recebido alta, um dia antes da morte da companheira.

Na legenda, ele ressaltou, estamos lhe esperando mamãe. O caso de Giulia, ganhou uma grande repercussão, depois do namorado ter publicado um relato, em forma de diário, onde pedia orações nas redes sociais, que deixou a web emocionada.

PUBLICIDADE

De acordo com o namorado, a jovem morreu após uma parada respiratória. Giulia, trabalhava numa farmácia, e aos oito meses de gestação deu os primeiros sinais da doença, a 25 de fevereiro. No inicio dos sintomas, suspeitava que a causa fosse por causa da gestação, mas sete dias após a realização do teste, foi diagnosticada a doença.

Após dar inicio a tratamento para a doença, ela apresentou uma piora e precisou de ser hospitalizada, na Casa de Saúde de Santos, no passado dia (7). Giulia, já tinha metade dos pulmões afetados, quando os médicos decidiram que precisava de ser intubada.

 

Ela passou por um parto de emergência, para salvar a vida de bebê, mesmo com oito meses de gestação. Ela ainda conseguiu ver a filha antes de ser levada para a UTI. Pouco tempo antes de ser submetida a intubação, os médicos autorizaram que ela conversasse com o namorado, através de chamada de vídeo, quando ele disse que a menina estava bem, e cuidaria dela.

Desde dessa altura, Alessandro através das redes sociais, pedia orações para a jovem. A publicação, em forma de diário sobre cada dia da jovem, foi visto por milhares de pessoas, e centenas de partilhas. Além de todo o tratamento e intubação, a jovem não resistiu.

Alessandro, agradeceu a todas as pessoas, por todas as mensagens que recebeu. Ressalta ainda, que quer que todos fiquem bem. Todos estão sendo a maior coragem para ele após a filha. Destaca ainda, obrigado e tomem cuidado, a doença pode atingir o amor de outra pessoa conclui.

 

 

 

 

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!