Mulher de 53 anos é presa após tentar apagar a tocha olímpica com pistola d’água: “Apague o fogo da tocha”, gritou a mulher

Kayoko Takahashi, de 53 anos, foi presa pela polícia na cidade de Mito, na província de Ibaraki, cerca de 100 quilômetros a nordeste de Tóquio, sob suspeita de obstrução forçada.

No último domingo (4) uma mulher foi presa ao tentar apagar a tocha olímpica usando uma pistola de brinquedo.

A mulher tentou borrifar água no momento que o corredor passava segurando a tocha olímpica no leste do Japão.

PUBLICIDADE

O caso aconteceu na cidade de Ituma Província de Ibaraki próximo de Tóquio, a mulher identificada como kayoko de 53 anos foi presa em flagrante.

O vídeo que viralizou nas redes sociais mostra a mulher com uma pistola de água gritando “apague o fogo na tocha” ela então jogou água no atleta tentando apagar a tocha, no exato momento vieram os seguranças e cercaram o portador da tocha.

PUBLICIDADE

O namorado da mulher foi ouvido ele disse que ele não sabia que ela carregava uma pistola de água e que teria a intenção de apagar a tocha, apenas confirmou que tanto ele como ela são contra a realização das Olimpíadas em Tóquio.

Segundo o homem o mundo todo está passando por essa pandemia da covid-19 não é o momento para festividades como essa onde as pessoas estão nas ruas se aglomerando passando de mal exemplo para outros países.

O casal disse que as Olimpíadas deveriam ser canceladas as Olimpíadas e esperassem uma ocasião melhor para ser realizada.

A olimpíada em Tóquio está programada para acontecer no dia 23 de julho deste ano, centenas de países irão participar das Olimpíadas inclusive o Brasil, muitos são os atletas que já estão viajando para este evento.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.