Mulher de 74 anos foi morta pelo próprio filho logo após entregar lanche para ele

A idosa Alzira Pinto da Silva, de 74 anos, morta pelo filho com mais de 20 golpes de martelo na cabeça, foi atacada por trás após entregar um lanche para ele, segundo consta na denúncia do Ministério Público.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, a idosa Alzira Pinto da Silva de 74 anos logo após ter entregado um lanche para o filho, foi atacada por ele e levou dezenas de golpes na cabeça.

O filho da idosa utilizou um martelo para tirar a vida da própria mãe, o crime foi registrado em Araçatuba São Paulo no bairro Nova York.

PUBLICIDADE

O homem de 35 anos Aqueharu Yamaguchi Júnior, foi preso 2 dias após ter tirado a vida da mãe, ele responderá por homicídio qualificado.

Segundo o Ministério Público, o homem dividia a casa com a dona Alzira, ele é usuário de drogas e por isso sempre havia desentendimento entre eles.

PUBLICIDADE

Segundo informações, a idosa chegou a agredir o filho na frente de alguns amigos e isso se tornou o motivo do crime.

No dia do crime, a idosa chegou em casa levando um lanche para o filho, ela entregou para ele e foi trocar de roupa, nesse momento o homem se levantou e pelas costas desferiu algumas marteladas na cabeça da mãe.

De acordo com Ministério Público, a idosa caiu e pediu para o filho parar, mas o homem desferiu mais 23 marteladas, após o assassinato ele fugiu levando o dinheiro da mãe e o carro.

Parentes da idosa disseram que Aqueharu ligou para uma tia confessando que havia matado a mãe, a polícia passou a fazer buscas para localizar o suspeito, ele foi preso dois dias após o crime.

Aqueharu foi levado para a delegacia de Araçatuba e permanece preso, o promotor Adelmo Pinho, comentou que o creme é cruel por tratar da própria mãe e idosa, ele pediu que o suspeito permaneça em prisão preventiva.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.