Mulher morre em ponto de ônibus do RJ e corpo passa a madrugada inteira à espera de remoção

Em um ponto de ônibus em Caju, na Zona Portuária do Rio, uma mulher que estava retornando do trabalho passou mal e faleceu. O fato aconteceu no início da noite desta última terça-feira (1º).

Entretanto, a remoção do corpo dela não aconteceu em tempo hábil. O corpo da mulher ficou jogado no chão por cerca de 13 horas. A remoção só ocorreu após um grande jogo de “empurra empurra”. Por volta das 8h50 desta quarta-feira (2º) o corpo dela foi removido do local.

PUBLICIDADE

Cristiane Pedro Gomes, de 42 anos, era auxiliar de limpeza e estava aguardando uma condução para seguir caminho para a sua casa. Entretanto, por volta das 18h ela começou a ficar sem ar e desmaiou.

No local, policiais militares fizeram o trabalho de reanimação. Foi então que neste momento, Cristiane conseguiu passar para eles o contado do esposo e de um filho. Rapidamente os mesmos foram avisados do que estava acontecendo. Porém, Cristiane sofreu outro mal súbito e veio a óbito.

PUBLICIDADE

De acordo com uma publicação do portal G1, Alexandre Graciano afirmou que uma equipe do SAMU foi até o local, lhe entregou o atestado de óbito. Entretanto, o corpo dela não foi removido. O esposo da moça também afirmou ter entrado em contado com o IML (Instituto Médico Legal), para informar o ocorrido, mas não apareceu ninguém para fazer a remoção. O Instituto Médico Legal fica situado a cerca de 2km de onde o incidente aconteceu.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.