Mulher que agride e ofendeu funcionários e clientes de uma padaria não tem registro de advogada na Ordem dos Advogados do Brasil

Quando foi detida na sexta-feira (20), Lidiane Brandão Biezok, de 45 anos, falou na filmagem que é 'advogada internacional'. Ela foi presa por injúria racial, lesão corporal e homofobia; depois, acabou solta para cumprir prisão domiciliar e pediu desculpas, alegando depressão.

A mulher que agrediu os funcionários de uma padaria e clientes, foi detida por injuria racial, homofobia e lesão corporal, acabou sendo solta pouco tempo após para cumprir prisão domiciliar.

A advogada chegou a pedir desculpas alegando depressão e transtorno psicológico, no vídeo circula nas redes sociais é possível ver a mulher Lidiane Brandão de 45 anos na padaria Dona Deôla na zona oeste de São Paulo, agredindo e usando palavras ofensivas contra funcionários e clientes do estabelecimento.

PUBLICIDADE

Segundo a Polícia Militar, a mulher não tem registro de advogado da Ordem dos Advogados do Brasil.

Ela falou que era advogada internacional, mas não possui o registro, um boletim foi registrado no 91º Distrito Policial, a advogada foi indiciada por crimes de lesão corporal, injúria racial e homofobia.

PUBLICIDADE

A Ordem dos Advogados do Brasil informou que a senhora Lidiane Brandão não consta no sistema de cadastro Nacional de Advogados.

Segundo informações, Lidiane pode ser aluna de direito ou tenha feito um curso, mas não possui registro na ordem, outra hipótese é que possua um registro de advogada em outro país.

A justiça prendeu Lidiane, mas depois converteu a prisão em prisão domiciliar, o Tribunal de Justiça comentou que Lidiane tem problemas psiquiátricos, por isso a justificativa para que ela permaneça em prisão domiciliar.

Lidiane usou as redes sociais para pedir desculpas e perdão as vítimas, ela alegou sofrer de depressão e bipolaridade, disse fazer uso de medicamentos controlados.

https://www.youtube.com/watch?v=Gv_3_piPUdg5

 

 

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.