Mulher raspa o cabelo, finge ter câncer e arrecada quase R$ 40 mil

Com a cabeça raspada, a norte-americana foi para as redes sociais solicitar doações para o tratamento. Com os valores arrecadados, ela viajava com a família.

Jessica Krecskay, de vinte e cinco anos, foi presa acusada de farsa. A moradora de Florence (Kentucky, EUA) raspou o cabelo, fingindo ter câncer e iniciou uma campanha para arrecadar doação para pagar o “tratamento”.

A americana arrecadou R$ 37,5 mil, de amigos e colegas de trabalho, falando estar com câncer terminal. Ela citava ter reconhecido metástase de um tumor originado nos ovários.

PUBLICIDADE

A fraudadora conservou a mentira desde 2013. E em 14 de fevereiro, foi presa. Ela pode ser condenada a até dez anos de prisão, de acordo com reportagem de uma revista.

PUBLICIDADE

“Essas pessoas resolveram doar dinheiro, a arrecadar fundos, a pagar as dívidas dela, a trabalhar nos turnos dela para que ela não precisasse fazer nada”, falou uma emissora de rádio.

Dentre outros gastos, Jessica utilizou a verba para fazer uma viagem com a família à Disney World.
Alguns doadores, entretanto, passaram a desconfiar. O fator decisivo para levar o caso à polícia foi um vídeo registrando Jessica “passando mal”.

Caída no chão, a golpista é vista escrevendo de modo sereno, sem preocupação no celular. Depois disso, ela se levanta muito rápido, como se coisa alguma tivesse acontecido, quando o elevador chega ao andar em que ela se encontra “agonizando”.

Forçada a apresentar um diagnóstico, Jessica acabou se retirando. Até obter uma visita da polícia.

Homem é esfaqueado 13 vezes pela namorada e a pede em casamento

Um homem quase morreu ao ser esfaqueado 13 vezes pela namorada e a pediu em casamento em um tribunal de Nizhnekamsk (Rússia), onde ela está sendo julgada pelo crime.

A ré, que não teve o nome revelado, pode ser condenada a até seis anos de prisão por causa do ataque. Porém a vítima, identificada como Shakur, solicitou que o juiz não condene a amada à prisão.

Shakur ficou hospitalizado por 3 semanas, com lesões em diversas partes do corpo.

A namorada falou que o ataque foi atraído pelo fato de estar alcoolizada durante a briga que tiveram. Ela afirmou não ter tido objetivo de matar Shakur, de acordo com uma reportagem.

A razão da briga do casal não foi revelado.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]