Mulher recusa pedido de namoro e é assassinada a facadas

Vítima foi cruelmente esfaqueada por não aceitar ser cortejada pelo autor do crime.

O crime aconteceu na Bahia, na cidade de Cachoeira localizada no Recôncavo do Estado.

Tainara Freitas Sena tinha apenas 21 anos, ela não tinha interesse em namorar o homem que a havia pedido em namoro, então ele deferiu golpes de faca nas costas, barriga e braços. Quando os policiais chegaram ao local a jovem já estava sem vida, ela não resistiu aos ferimentos.

Durante o ataque, a vítima tentou se refugiar em uma casa de Candomblé, para tentar se livrar do criminoso que não aceitou a recusa de Tainara, ela simplesmente não queria namorar com e ele e perdeu a vida de maneira tão cruel.

PUBLICIDADE

O suspeito do crime, Israel Conceição Cerqueira, também com 21 anos, mês idade da vítima, tentou se matar após ter golpeado Tainara várias vezes. Ele feriu o próprio pescoço com a faca, mas a polícia Militar o socorreu levando-o para atendimento no Hospital Regional santo Antônio de Jesus. Após atendimento ele e liberado, será preso pelo flagrante do crime.

Em todo o Brasil, mulheres são diariamente assassinadas.

É uma estatística muito grave, todos os dias mulheres são brutalmente assassinadas ou gravemente feridas por seus companheiros que supostamente alegam uma possível traição, outros alegam que não se conformam com o fim do relacionamento e ainda têm esses que acham que a mulher é obrigada a namorar mesmo quando elas não querem.

O Governo criou políticas de incentivo para que esses casos sejam denunciados e criou a Lei Maria da Penha. Mesmo com todos os esforços, é preciso que a cultura da dominação por parte de alguns homens, que acham a mulher sua propriedade precisa acabar. Trata-se de vidas, pessoas que têm o direito de viver, se relacionar e terminar a relação.

PUBLICIDADE

Em muitos todos os estados brasileiros, o movimento de apoio a mulher e as famílias tentam ajudar, infelizmente nem sempre é possível evitar o crime.

PUBLICIDADE