Nova atração da RedeTV, ‘Padre Sertanejo’ cobra taxa para idosos assistirem o programa

Procurado para explicar sobre o destino do dinheiro, o Padre Alessandro Campos nao se manifestou. Antes de migrar para a RedeTV, o Padre apresentava um programa na Rede Vida, onde também cobrava taxa do público e nunca explicou o destino do dinheiro.

A RedeTV está no olho do furacão com a prática adotada por seu novo contratado, o “Padre Sertanejo”. Recém-chegado a empresa, o Padre implantou a cobrança de uma taxa de R$35 para aqueles que desejam participar da plateia do programa. Questionada sobre a prática, a emissora justificou a ação dizendo que é muito alta a procura por uma vaga no auditório. O curioso dessa história é que a atração comandada pelo “Padre Sertanejo” é uma das mais baixas em audiência da emissora. O ouro da casa são Superpop, de Luciana Gimenez, ou o Encrenca, e, mais recentemente, os programas esportivos.

Em defesa da prática, a RedeTV explica que a procura é alta mas confirma que todo o dinheiro levantado vai para o bolso de Alessandro Campos, o Padre. Procurado para explicar sobre o destino do dinheiro, o Padre Alessandro Campos nao se manifestou. Antes de migrar para a RedeTV, o Padre apresentava um programa na Rede Vida, onde também cobrava taxa do público e nunca explicou o destino do dinheiro.

PUBLICIDADE

Visualizar esta foto no Instagram.

Hoje tem Programa Padre Alessandro Campos! Às 10h, na @redetv! Vem comigo! . #padrealessandrocampos #programaPadreAlessandroCampos #redetv #opadresertanejodobrasil #bençãodoPadreAlessandro #música #fé #alegria

PUBLICIDADE

Uma publicação compartilhada por Padre Alessandro Campos (@padrealessandrocampos) em

;

A coisa é tão absurda que rendeu críticas no ReclameAqui. É possível encontrar críticas e queixas de pessoas, muitas de idade, que afirmam ter pago a taxa acreditando que se tratava de um passe para os bastidores, para conhecer o Padre, mas que nada disso aconteceu e que não puderam chegar perto dele. Em certa ocasião, Alessandro Campos foi acusado de ostentar uma vida de luxo. Em resposta a isso, o religioso afirmo que nunca fez voto de pobreza para a Igreja Católica.

Escrito por Carla Lopes Silva

Colunista em sites de notícias e curiosidades. Adoro escrever sobre todo tipo de assunto. Curiosa por natureza, e amante da internet. Contato: [email protected]