Nova vacina contra a Covid-19 está na 3° fase de testes autorizados pela Anvisa

A Anvisa aprovou o inicio da 3° fase de testes de uma nova vacina, a Ad26.COV2.S Nesta terça-feira (18). Cerca de 7 mil pessoas poderão ser voluntárias em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, entre outros.

Nesta terça-feira (18) a Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) permitiu que fossem feitos testes de 3° fase de uma vacina chamada Ad26.COV2.S contra a Covid-19, no Brasil, que foi criada pela Janssen Pharmaceuticals, da empresa Johnson & Johnson.

Foram autorizadas no país outras três vacinas, esta é a quarta que entra na fase de testes.

PUBLICIDADE

Ainda não foi divulgado a data de iniciação dos testes pela Anvisa, pois depende também da concordância do Conep (Conselho Nacional de Ética em Pesquisa), que é o órgão do Ministério da Saúde, e se responsabiliza pela verificação de estudos e fórmulas criadas, além da administração de recrutamento de voluntários.

Em estados como Paraná, Bahia, São Paulo, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro tem previsão de cerca de 7 mil pessoas voluntárias maiores de 18 anos.

PUBLICIDADE

A empresa ainda se propõe a realizar 60 mil testes em voluntários nesta 3° e última etapa, para poder avaliar se a vacina é segura e eficaz. Até o momento não se tem mais informações sobre os testes, e se eles serão restringidos apenas para profissionais da área da saúde.

As pessoas que participarão da fase de testes, vão receber uma única dose ou um placebo (efeitos terapêuticos devido aos efeitos psicológicos da convicção do paciente).

O método será totalmente aleatório para decidir quem receberá a dose da vacina ou do placebo, e tanto pesquisadores quanto voluntários, não serão informados sobre quais pessoas tomaram quais doses, este método é conhecido como “duplo-cego”.

Escrito por Gustavo De Souza Silva

Colunista iniciante focado em noticias de famosos e curiosidades, buscando sempre novidades em primeira mão!