Novo coronavírus pode estar há 70 anos em circulação silenciosa nos morcegos

Um estudo recente apontou algumas data para o surgimento da doença e ela permaneceu inativa durante décadas.

Foi publicado na revista Nature Microbiology o resultado de uma intensa pesquisa em relação ao novo coronavírus. Cientistas de todos os cantos do mundo se uniram para descobrirem a possível linhagem de morcegos que é responsável pela doença.

Durante as pesquisas algumas datas foram encontradas e todas apontam para um só caminho. O novo Covid-19 pode estar em circulação nos morcegos há décadas.

PUBLICIDADE

Países como China, Estados Unidos, Reino Unido e Bélgica, participaram da pesquisa e o objeto principal dos cientistas era recriar a árvore genealógica do próprio vírus.

Logo no começo dos estudos os pesquisadores já encontraram um obstáculo quase insuperável. O vírus é capaz de trocar material genético de uma maneira muito fácil e cada um possui características únicas.

PUBLICIDADE

Para tentarem burlar este problema, três técnicas diferentes foram usadas e geraram três datas distintas. Os resultados apontaram para o ano de 1948, 1969 e 1982.

A pandemia do novo coronavírus surgiu na China no final do ano de 2019, porém, a doença pode estar circulando de forma silenciosa nos morcegos há diversas décadas. Até o momento mais de 673 mil pessoas já morreram no mundo todo.

Na escala global já foram registrados mais de 17 milhões de casos com pouco mais de 10 milhões recuperados.

O Estados Unidos lidera em número de casos registrados e mortes. Seguido de perto pelo Brasil com mais de 2 milhões e meio de casos e mais de 91 mil vítimas fatais.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.