Pacientes são amarrados para serem entubados devido a falta de insumos e médico desabafa: ‘não esperava ver isso’

A situação ocorreu em Goiás, onde segundo o SES-GO a ocupação dos leitos de Covid-19 é 96%

Durante do novo pico da pandemia do Covid-19 no Brasil, o cenário tem se mostrado cada vez de calamidade na saúde. A falta de leitos de UTI tem se tornando grande em vários estados do país, o que vem causando muitas mortes e superlotação de hospitais pelo país inteiro, que estão convivendo até mesmo com a falta de materiais básicos para o tratamento de pacientes contaminados com a doença.

Em Goiás, de acordo com uma declaração feita pelo presidente da Associação de Hospitais Privados de Alta Complexidade (Ahpaceg), Haikal Helou, o estado está passando por um momento onde está com falta de oxigênio para os pacientes, além de outros insumos como adrenalina, relaxante muscular e itens que são usados no atendimento dos pacientes.

PUBLICIDADE

Na declaração para a TV Anhanguera, Helou desabafou declarando que os pacientes que estão sendo entubados agora, precisam ser segurados por pessoas e até mesmo amarrados para que o procedimento seja feito. Ele ainda destacou que este tipo de atitude que está sendo necessária devido a falta de insumos, é algo que ele não esperava assistir em pleno século XXI.

O profissional de saúde destacou que diante do cenário caótico vivido pelas unidades médicas, estão faltando itens como cateteres, seringas e até mesmo luvas para serem usados nos procedimentos com os pacientes internados, em especial os contaminados com o Covid-19 nos hospitais do estado. Esta falta dos itens, de acordo com o médico tem feito com que o trabalho se torne ainda mais difícil, até mesmo impraticável.

PUBLICIDADE

O SES-GO emitiu uma nota declarando que no momento não está faltando medicamos para intubação e nem mesmo os insumos básicos que são usados nos atendimentos em hospitais como foi alegado. De acordo com a secretaria, o quantitativo de oxigênio que está sendo usado está passando por um monitoramento diário, e que não momento não se tem uma falta do insumo em questão na rede pública.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.