Pai e filha morrem afogados durante passeio na beira do rio: “Deixam saudades e dor no coração”

Somos passageiros nesta vida, e durante a nossa viagem vemos muitos partirem. Muitas pessoas que amamos desembarcam antes de nós, deixam saudades e dor em nossos corações, e às vezes até levam junto parte das nossas vidas. Mas é preciso seguir em frente, é preciso saber dizer adeus. O trem da vida não pode parar.

A funerária de São João juntamente com esposa e mãe comunicaram o falecimento de Claudiomar Slogan e sua filha Laura Slogan.

A nota de pesar dizia que o trem da vida não pode parar, todos são passageiros, durante essa viagem muitos partem algumas pessoas que amamos desembarcam antes, deixando saudade e tristeza no coração.

PUBLICIDADE

Algumas pessoas desembarcam levando um pedaço da vida, mas a viagem precisa prosseguir, é preciso saber dizer adeus, é preciso aprender a continuar porque o trem não para.

Essa foi a mensagem publicada pela Funerária São João e pelos parentes e amigos de Claudiomar e Laura, que morreram afogados em um rio na cidade de São João.

PUBLICIDADE

O velório aconteceu na tarde da última segunda-feira (23) e o sepultamento aconteceu no Cemitério Municipal de Sananduva.

Pai e filha se afogaram no mesmo local onde foram encontrados, de acordo com corpo de bombeiros as buscas iniciaram no final da tarde do desaparecimento, as buscas precisaram ser interrompidas por falta de energia elétrica no local.

O corpo do Mecânico Claudiomar de 41 anos foi encontrado na segunda-feira (23), próximo estava o corpo da filha Laura, o corpo de bombeiros informou que os dois pai e filho caminhavam próximo ao Lago, eles estavam em uma área de camping, estavam em um dia de passeio.

Laura caiu em um buraco próximo ao Largo e o pai para tentar salvá-la pulou atrás, mas nenhum dos dois conseguiram sair da água, eles estavam sem colete salva-vidas e os bombeiros se surpreenderam por haver um buraco próximo da Lagoa.

Os dois estavam aproveitando o final de semana, o rio tem aproximadamente 50 m de largura, ele estava no local raso, então resolveram fazer uma caminhada e se afogaram no poço.

A esposa de Claudiomar, disse que ele era uma pessoa que dava bem com todo mundo, trabalhava na oficina mecânica e conhecia todas as pessoas da região, tinha o hobby de jogar futebol e gostava da natureza.

Tem duas filhas, além de Laura uma menina de 1 ano, a prefeitura de Sananduva em nota publicou o pesar pelo falecimento de Claudiomar e a filha Laura, pediu a Deus que o coração de todos os familiares e amigos sejam confortados nesse momento de dor.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.