Pai de Miguel fala pela primeira vez à imprensa

Pai do garoto morto em queda de nono andar fala pela primeira vez.

Paulo da Silva, pai do garotinho Miguel, morto na última terça –feira (02) ao cair do nono andar do prédio onde trabalhava sua mãe, fala pela primeira vez à imprensa. O caso teve grande repercussão e comoção em todo o país, gerando revolta e protestos.

Miguel foi levado para o trabalho de sua mãe juntamente com a mesma, a qual trabalhava para a família do prefeito de Tamandaré, município próximo à grande Recife.

PUBLICIDADE

Ao descer para passear com o cachorro da família, Mirtes Renata deixou o filho Miguel na companhia de sua patroa Sarí Gaspar enquanto se ausentava rapidamente.

Neste momento o pequeno Miguel pede pra ir até sua mãe e as câmeras de segurança mostram a impaciência de Sarí junto ao garoto que aperta o botão do 7º andar para o garoto, sendo que eles estavam no 2º andar do prédio.

PUBLICIDADE

Após subir ao 7º andar, o menino não sai do elevador e aperta sozinho o botão do 9º andar, vindo a sair neste onde sua queda ocorreu.

Paulo falou ao Fantástico neste domingo e em meio à lágrimas relembrou que Miguel passava os finais de semana com ele de 15 em dias no sítio em que morava e que o menino adorava animais e principalmente andar à cavalo.

Paulo conta que tudo no sítio era de Miguel e que as lembranças irão ficar vivas, assim como o filho está para ele: vivo, pois para Paulo ele está fazendo uma viagem e não fala que o filho está morto.

Sarí Gaspar, mulher do prefeito de Tamandaré, foi presa em flagrante, mas ao pagar a fiança de 20 mil reais deixou a delegacia. A polícia segue investigando o caso.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.