Pais deixam menino de 6 anos trancado em armário como punição por ele ter roubado comida, a criança morreu de fome e desnutrição

A criança foi encontrada em casa desacordada e desnutrida.

Deshaun Martinez de 6 anos, ficou trancado no armário pelos próprios pais e morreu de fome em um apartamento em Flagra Staff nos estado do Arizona nos Estados Unidos.

Deixaram o menino preso no armário junto com o irmão mais velho, de acordo com a perícia realizada o menino morreu de fome, ele permanecia no local mais de 16 horas por dia e quando foi encontrado já sem vida, pesava como uma criança de 1 ano, pouco mais de 8 kg.

PUBLICIDADE

Nesta terça-feira dia 9 saiu o laudo da morte do pequeno Martinez e segundo os resultados ele morreu de fome, a imprensa Norte-Americana publicou um relato do médico Legista responsável pela documentação, disse que o menino pesava pouco mais que 8 kg, morreu de fome.

A criança foi encontrada em casa desacordada no Arizona Estados Unidos, no mês de março no dia 2, a partir de então começou uma investigação sobre a morte de Deshaun e seu irmão mais velho de 7 anos, que era uma mantidos presos dentro de um armário por mais de 16 horas por dia, cerca de um mês eles recebiam comida, mas era insuficiente.

PUBLICIDADE

Os policiais falaram que era um castigo que os pais estavam fazendo com as crianças por terem roubado comida, a polícia relatou que a aparência da criança de 6 anos não era compatível com as crianças que tinham a mesma idade, era extremamente desnutrido.

As crianças eram presas a partir das 20 horas e ficava até o outro dia ao meio-dia, recebendo pouca comida, um pouco de aveia e um sanduíche, o casal tinha duas filhas mais novas, uma de 4 anos e outro de 2 anos, essas crianças não apresentavam desnutrição.

Os pais, Elizabeth de 26 anos e Anthony de 23 anos, juntamente com a avó de 50 anos foram detidos e foram acusados de assassinato por deixar as crianças presas sem alimento, mas os três se dizem inocentes com respeito à morte das crianças.

Segundo a perícia a criança tinha aparência esquelética, o pai chegou a dizer que eles tinham poucas condições, por isso o alimento era limitado, segundo a Polícia os promotores estão examinando o caso se pedirão pena de morte para os acusados.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.