Pais não resistem a dor da perda e são encontrados ao lado do corpo do filho de 9 anos que morreu com tumor no cérebro

o casal decidiu acabar com sua vida e juntos partiram ao lado do corpo do filho.

A pior coisa que o ser humano precisa enfrentar em toda a sua vida é a morte. Ninguém está preparado para perder alguém, principalmente aquelas pessoas que nós mais amamos. A ordem natural deveria ser os pais nunca enterrarem os filhos, e sim os filhos enterrarem os pais, mas infelizmente para muitos casais não é assim e os pais tem que lidar com a dor terrível de perder um filho.

Em alguns casos muitas crianças têm morrido devido a enfermidade terríveis e muitos pais acabam entrando em depressão ou não sabem lidar com a dor de ter que conviver sem o filho, sentindo sua falta por toda vida e ficando apenas com as lembranças e com uma saudade tão imensa no peito que só vai aumentando dia após dia.

Um caso impressionante aconteceu com um casal que não suportou a dor da perda do filho único. O caso aconteceu na cidade Constanta na Romênia, a criança foi diagnosticada com um tumor no cérebro, e depois de lutar muito o pequeno Cristian não resistiu e morreu com 9 anos de idade.

Isso mexeu tanto com a cabeça do casal Nico Arava e sua esposa Vali, os dois de 46 anos que eles decidiram por fim na própria vida por não suportar a ideia de viver sem o filho de 9 anos. O casal foi encontrado ao lado do corpo do pequeno Cristian, em comum acordo os dois se enforcaram e acabaram com o sofrimento de imaginar uma vida sem a criança.

A polícia encontrou uma nota de suicídio deixada pelo casal com 13 páginas onde os pais completamente perturbados e abalados falavam da batalha que Cristian travou contra a doença desde o primeiro momento em que ele foi diagnosticado com apenas dois anos de vida.

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.