Pandemia no interior do Amazonas expõe indígenas a trabalhadores infectados

Município com maior proporção de indígenas do Brasil vive disparada de casos; barqueiro a serviço do Ministério da Saúde viajou por várias comunidades dias antes de morrer com a doença.

São Gabriel da Cachoeira, município com maior proporção de indígenas no Brasil está com uma situação alarmante de casos de COVID-19, de acordo com o Ministério da Saúde, o   barqueiro que fazia serviços para a comunidade estava positivo para coronavírus, ele viajou várias vezes para a comunidade indígena antes de morrer.

De acordo com a rede estadual de saúde, profissionais da saúde com COVID-19, circulam as aldeias e comunidades inteiras estão apresentando os sintomas da doença, a BBC News Brasil relatou que médicos e enfermeiros que atuam no município estão fazendo vaquinhas para comprar oxigênio para pacientes entubados.

PUBLICIDADE

Profissionais da saúde relataram a gravidade da pandemia no estado do Amazonas, dizem que a região é onde possui a maior proporção de pessoas infectadas com o vírus, até o dia 26 de abril, não havia um caso de coronavírus na região do Amazonas, agora em São Gabriel da Cachoeira já é quinto da lista.

Já foram registrados 999 casos confirmados de coronavírus e 15 pessoas já morreram da doença, líderes das aldeias indígenas relataram que o número certamente é maior, pois muitos morreram sem apresentar sintomas e não foi realizado nenhum teste.

PUBLICIDADE

Segundo especialistas o município fica na fronteira do Brasil com Colômbia e Venezuela, isso   facilita o avanço da doença e o que eles temem é uma epidemia. De acordo com o Censo realizado em 2010, quase 76% das pessoas que moram em São Gabriel São indígenas.

De acordo com especialistas, indígenas são considerados vulneráveis ao coronavírus, devido aos hábitos que possuem, compartilham objetos, possui uma frágil assistência médica, tendem a facilitar o Contágio.

Médicos da região disseram que mesmo antes da epidemia a causa de morte entre os grupos era de doenças respiratórias, de acordo com os povos indígenas, no Brasil 110 já morreram de COVID-19, já foi identificado nas 53 etnias, considerando que alguns moram em aldeias e outros em cidades.

De acordo com alguns relatos das Comunidades, já ouve casos onde todos, do mais jovem até o mais velho apresentaram os sintomas do coronavírus, o município de São Gabriel está em LockDown, da cidade a aldeia o trânsito foi restrito, somente serviços essenciais.

 

Escrito por Marcos Antonio Martins

Marcos Martins, é mineiro da gema, nasceu no dia 30 de abril 1975, tem dois filhos lindos que não sabe se parece com ele ou com sua esposa, é cheio de defeitos, mas as qualidades são perceptíveis.