Papa emérito Bento XVI compara casamento gay ao próprio ‘deus do inferno’

A biografia de Bento XVI foi publicada nesta segunda-feira (4)

O papa emérito Bento XVI, que é conhecido pelas suas posições tradicionalistas, afirmou que os seus opositores tem como desejo calar sua voz, e faz comparações a respeito do casamento de pessoas do mesmo sexo com o ‘anticristo’.

Isso tudo consta em uma biografia autorizada do papa que foi publicada nesta última segunda-feira (4) na Alemanha. Joseph Ratzinger de 93 anos de idade alegou que é vítima de uma distorção maligna da realidade, através também do livro intitulado de “Bento XVI – Uma Vida”.

PUBLICIDADE

No livro ainda constam alguns trechos de entrevistas que foram dadas pelo papa, de acordo com o que foi divulgado pela imprensa alemã e pela agência de notícias DPA.

Ele ainda afirma que para ele o espetáculo de reações vindas através da teologia alemã para ele é algo tão equivocado e que também é mal-intencionado que ele prefere nem mesmo falar a respeito deste assunto.

PUBLICIDADE

Ele ainda declara que prefere não analisar a respeito das razões reais que as pessoas teriam para poder desejar que a sua voz seja silenciada.

Na Alemanha, a Igreja Católica é comandada por clérigos que são considerados como reformistas. Devidoa isso, Ratzinger é criticado com muita frequência em relação as opiniões que ele tem a respeito do islã ou também em relação a questões sociais.

Bento XVI foi papa entre 2005 e 2013, e é acusado de ter tentando sabotar os esforços de modernização que seriam feitos com Igreja, de seu sucesso o papa Francisco.

No entanto através do livro ele afirma que mantém uma boa relação com o atual pontífice, e que eles possuem uma amizade pessoal, algo que ele afirma que não só persistiu com o passar do tempo como a amizade entre eles também cresceu.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.