Parque nacional autoriza abate de Caçadores para salvar Rinocerontes

O Kaziranga National Park, um parque nacional em Assam, na Índia, possui uma bela história de sucesso quando o assunto é a conservação de rinocerontes.

Os chifres dos rinocerontes são extremamente valiosos e podem ser vendidos por até U$6.000 (cerca de R$ 18.000) cada 100g, valor que é considerado mais caro do que o próprio ouro. Infelizmente, essa valorização na parte do animal, faz com que eles se tornem o desejo dos caçadores que desejam lucrar com a sua venda.

2013 foi um ano triste para os indefesos animais, onde mais de 27 foram mortos por caçadores. Com isso, o então chefe do parque, M. K. Yadava, propôs sua rigorosa estratégia de coibir qualquer entrada de pessoas suspeitas ou desautorizadas. Suas ordens?! Qualquer suspeito encontrado dentro do parque deve “obedecer ou ser morto”.

Com isso, a fim de protege-los, eles permitem que seus guardam atirem para matar qualquer caçador que invadir o parque e se aproximar dos animais. Com isso, nos até o momento, mais de 50 caçadores já foram mortos.

Há um século, existiam apenas alguns rinocerontes-indianos na região que, hoje, com todo o trabalho de preservação, abriga mais de 2.400, o que é dois terços da população mundial.

Um fato interessante, é que em 2015, mais pessoas foram mortas a tiro pelos guardas do parque, do que rinocerontes foram mortos pelos caçadores.

Qual a opinião de vocês?! O parque é um caso de sucesso ou de preocupação?!

Fonte: Boredpanda, BBC