Polícia investiga morte de enteado de vereador do Rio de Janeiro

O menino foi encontrado desacordado na sua casa pelo padrasto e a mãe

Ainda no dia 8 de março, a Polícia Civil começou a investigar a morte de uma criança de 4 anos de idade. O caso em questão aconteceu na Barra da Tijuca, bairro localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O menino em questão se chama Henry Borel Medeiros e era enteado de Jairo Souza Santos, um vereador da cidade conhecido pelo apelido de dr. Jairinho.

PUBLICIDADE

Ainda na última quarta-feira (17), o pai da criança concedeu uma entrevista ao RJ2 e, na ocasião, Leniel Borel de Almeida afirmou que tanto Jairinho quanto a mãe de Henry, Monique Medeiros de Costa Almeida, chegaram a ouvir um barulho durante a madrugada e, então, encontraram a criança desacordada.

Então, após os fatos destacados, Henry foi encaminhado ao hospital, mas acabou não resistindo. De acordo com a TV Globo, o laudo médico afirmou que a criança chegou a dar entrada no hospital ainda sem vida e apresentou hematomas no abdômen e também nos membros superiores.

PUBLICIDADE

Além disso, ainda segundo o laudo, o menino também apresentava sangue nessa região e uma contusão no rim direito, assim como trauma no pulmão e no fígado. Portanto, a causa da sua morte foi uma hemorragia interna, causada pela lesão no fígado e por uma ação contundente.

É possível afirmar que tanto a mãe do menino quanto o seu padrasto chegaram a prestar depoimento como testemunha na 16ª Delegacia, localizada na Barra da Tijuca.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.