Profissional absolve pai e madrasta de Isabella Nardoni e culpa uma terceira pessoa

Você relembra do história da criança Isabella Nardoni? A repercussão foi nacional quando ocorreu em março de 2008. Uma menina de cinco anos foi arremessada pela janela do sexto andar na zona norte de São Paulo.

O pai Alexandre e a madrasta Anna Jatobá foram culpados pela falecimento da garota. Até hoje, os dois estão presos e são muitos conhecidos pelo caso, mas a culpa não foi falada pelo casal.

Um livro foi escrito pelo perito George Sanguinetti, que foi contratado pelo casal Nardoni para investigar todo o caso que aconteceu em 2008.

“A provável e talvez única motivação para o crime,para que ela fosse jogada do 6º andar do Edifício London foi desviar o foco do atentado sexual.

Para que não fosse descobertaas lesões na genitália de Isabella e também impedir o reconhecimento do pedófilo. Acredito que a menor estava adormecida na cama, quando o infrator baixou a calça e a calcinha e a vulnerou com toques impúdicos, dedos, manuseios, etc.

Ela acorda e grita papai…papai…papai e para…para..para, como foi descrito por testemunhas que ouviram os gritos de Isabella, audíveis até no 1º andar e no edifício vizinho. Os depoentes que ouviram os gritos, testemunharam que foram minutos antes da precipitação. 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]