Psiquiatra garante que pessoas com envolvimento com o ocultismo são alvos fáceis de demônios

Psiquiatra afirma que os demônios são manipuladores.

Psiquiatra afirma que já testemunhou muitos casos de possessão demoníaca em seu consultório durante toda a sua carreira, e a maior razão para que aconteçam ataques de demônios na vida dessas pessoas, é o seu envolvimento com o ocultismo.

Ele contou que muitas dessas pessoas falaram em outros idiomas quando estavam possuídas por demônios.

PUBLICIDADE

Ele disse que acredita mesmo que os demônios são anjos caídos e que além de serem poderosos, e astutos, são brilhantes para fazer o mal, e falam em todos os idiomas.

Segundo o psiquiatra, esses ataques não são nada aleatórios, quase sempre há uma causa visível, e a causa mais comum é alguém ter se voltado para o mal ou o oculto. Os ataques acontecem quando a pessoa decide abandonar a vida no ocultismo, o demônio pensa que tem poder sobre a vida da pessoa, não aceitando sua saída começa a atacar a vítima.

PUBLICIDADE

Ele conta que observou nesses pacientes alguns sinais da possessão demoníaca que inclui uma força extraordinária, e eles podem até mesmo bloquear, impedir que a pessoa ouça e veja o espiritual, além de serem totalmente manipuladores.O primeiro caso que ele presenciou foi o de uma mulher, a opressão envolvia um espírito maligno que atacava a mulher sem assumir o controle da personalidade dela.

A mulher e o marido disseram ao psiquiatra que quando a mulher se deitava em sua cama, ela sofria ataques, e do nada apareciam hematomas em seu corpo, como se tivesse sido agredida. O psiquiatra fez todos os exames padrões para confirmar se não havia algum problema físico que pudesse causar os hematomas e depois de constatar que não havia problemas físicos, ele acreditou naquilo que o casal dizia, mesmo não tendo ainda nenhuma experiência a respeito de possessão demoníaca na época, o psiquiatra estava convencido de que se tratava mesmo de ataques demoníacos.

Ele conta que presencia muitos casos de possessão ou ataques de demônios, e na maioria das vezes quando se faz uma investigação mais aprofundada da vida do paciente, ele acaba descobrindo forte envolvimento com o ocultismo.

O psiquiatra conta que não tem medo de que os demônios venham atrás dele, porque ele está firmado na fé que tem e existem muitas pessoas orando por sua vida.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]