Quem teve auxílio emergencial negado pode recorrer a decisão; como fazer

Pessoas que fazem parte do CadÚnico tambem podem recorrer

Muitas pessoas correram para o aplicativo lançado pelo governo assim que foi lançado, com o intuito de receber o auxílio emergencial que está sendo ofertado para algumas pessoas, devido ao coronavírus que impede que muitas destas estejam trabalhando para se sustentar.

Apesar de preencher tudo certinho e fazer como está sendo pedido por todos os meios de comunicação algumas pessoas ainda que dentro das regras tiveram seu pedido negado e não sabiam como resolver o problema.

PUBLICIDADE

Agora foi anunciado que as pessoas que tiveram esse auxilio negado podem apelar para uma nova analise no aplicativo ou até mesmo no site do programa, essa opção começou a aparecer na última segunda feira (20).

No mesmo locam em que a pessoa consultou seu benéfico e teve a resposta de “benéfico não aprovado” agora pode ser feita a correção das informações e o reenvio para uma reanalise.

PUBLICIDADE

A caixa econômica ainda avisou a todos que não consegue saber por qual motivo o pedido foi negado, já que quem faz a analise é a Dataprev, após isso passa pelo Ministério da Cidadania, e só depois e pago pelo banco.

Mesmo assim deve-se prestar atenção nos critérios impostos pelo governo para o recebimento do auxilio, não se pode ter carteira assinada e nem ser beneficiário de outro programa, além de ter a renda máxima estipulada por eles.

Ainda segundo a caixa algumas coisas são comuns e motivo para que o cadastro seja reprovado, algumas dessas coisas são erros como:

  • Alegar ser chefe de família e não colocar dependentes
  • Não declarar o sexo
  • CPF e Data de nascimento do cadastrado e demais membros da família inseridos de forma errada.
  • Vários membros da mesma família darem informações controversas
  • Colocar como dependentes pessoas que já foram a óbito

Lembrando que as pessoas que tem CadÚnico também podem recorrer a decisão pelo aplicativo ou site do programa.

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.