Recém-nascido levado do Imip é encontrado; mulher que sequestrou o bebê é presa.

O bebê que foi roubado no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Fogueira (Imip) no Recife, foi encontrado e entregue para a sua mãe.

Segundo os polícias, a mulher que roubou o bebê foi presa. Segundo algumas informações, a mulher se passou por paciente e assim conseguiu levar o bebê.

PUBLICIDADE

O bebê foi levado na noite desse sábado (20), a polícia encontrou o bebê na casa de Eliane Antônia de Oliveira, de 47 anos, no bairro de Afogados, na Zona Oeste da capital, na noite do domingo (21).

Ao ser interrogada, a mulher disse aos polícias que havia perdido um bebê um mês atrás e estava muito deprimida.

PUBLICIDADE

O delegado trabalhou em 2 linhas de investigação, a de que algum familiar tivesse levado ou que houvesse acontecido um sequestro.
O pai do bebê foi o primeiro a ser interrogado, mas logo foi descartado essa hipótese.

“Ele tinha tido alguns desentendimentos com o pessoal do hospital, provavelmente estava insatisfeito com algo, mas entendemos que ele não tinha nada a ver com a situação”, diz o delegado Cláudio Neto.

O delegado disse também que a internet teve um papel fundamental no cas. “Nas notícias compartilhadas nas redes sociais sobre o desaparecimento do recém-nascido.

Encontramos um comentário de uma mulher que achou que a responsável pela retirada da criança era parecida com uma vizinha”, diz o delegado.

A partir daí ficou mais fácil chegar até a mulher que estava com o bebê, Gabriel foi encontrado por volta das 23.30 no domingo de Páscoa.
Ela estava bem e se encontrava no berço, num quarto totalmemte equipado pra receber um bebê.

“A mulher que levou a criança reconheceu que havia entrado no hospital como paciente e se aproveitou que havia uma confusão com o pai para pegar a criança.

Ela nos disse que, naquele momento, achou que o menino ficaria melhor com ela do que com a família”, contou o delegado.

A unidade de saúde também será investigada e os responsáveis pensam numa maneira para impedir que mais casos como este venha acontecer.

Ja que a mulher não encontrou dificuldade alguma pra entrar e nem pra sair com o bebê em uma bolsa.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]