Relato comovente de uma enfermeira viraliza: “o medo de um homem que não queria dormir para não morrer”

As pessoas precisam se atentar com a real situação.

No dia 27 de maio, a enfermeira da linha de frente ao combate ao novo coronavírus, Taísa Land, de apenas 37 anos, vivenciou uma das situações mais tristes e emocionantes nesse tempo de sua profissão. Em poucas horas, ela presenciou a despedida de uma mãe e o medo de um homem que não queria dormir para não morrer.

Taísa contou através de suas redes sociais o que havia acontecido naquele dia, e o seu relato acabou viralizando nas redes sociais. Ela, que atua na profissão há 15 anos, como enfermeira intensivista, afirma que este relato seria uma forma de alertar as pessoas sobre a gravidade do problema. “ Eu fiz um desabafo, para que as pessoas possam ter uma noção da realidade”.

Ela ainda menciona que tem vivenciado muitas mortes diariamente pela covid-19, durante os turnos que faz, em um hospital publico do estado do Rio de Janeiro, e de acordo com os dados do ministério da saúde, mais de 6,7 mil pessoas faleceram em decorrer do novo coronavírus.

PUBLICIDADE

Escrito por V Guimarães

Colunista de todos os assuntos, como tv, famosos, culinaria, medicina, filmes, series, saude, bem-estar, lazer. Gosto de todos os assuntos