Relato comovente de uma enfermeira viraliza: “o medo de um homem que não queria dormir para não morrer”

As pessoas precisam se atentar com a real situação.

No dia 27 de maio, a enfermeira da linha de frente ao combate ao novo coronavírus, Taísa Land, de apenas 37 anos, vivenciou uma das situações mais tristes e emocionantes nesse tempo de sua profissão. Em poucas horas, ela presenciou a despedida de uma mãe e o medo de um homem que não queria dormir para não morrer.

Taísa contou através de suas redes sociais o que havia acontecido naquele dia, e o seu relato acabou viralizando nas redes sociais. Ela, que atua na profissão há 15 anos, como enfermeira intensivista, afirma que este relato seria uma forma de alertar as pessoas sobre a gravidade do problema. “ Eu fiz um desabafo, para que as pessoas possam ter uma noção da realidade”.

PUBLICIDADE

Ela ainda menciona que tem vivenciado muitas mortes diariamente pela covid-19, durante os turnos que faz, em um hospital publico do estado do Rio de Janeiro, e de acordo com os dados do ministério da saúde, mais de 6,7 mil pessoas faleceram em decorrer do novo coronavírus.

“Na maioria dos casos, os pacientes que estão comprometidos, em estado mais grave acabam aceitando mais facilmente a intubação, porque já estão no limite e não agüentam mais não conseguir respirar”.

PUBLICIDADE

“Eu já presenciei muitas mortes ao longo desses 15 anos que atuo na enfermagem. Nós acabamos acostumando com essa situação em nossa rotina. Mas nessa pandemia, as coisas tem sido totalmente diferentes. Estamos tanto com o emocional quanto o físico sobrecarregados”.

Em toda essa situação, o que mais comoveu naquele dia, no final do mês de maio, foi o desespero dos pacientes que já estavam na enfermaria que destinava as pessoas com covid-19 a serem entubadas, e mesmo eles estando muito cansados, eles relutaram porque tiveram muito medo”.

Isso acontece com muita freqüência. As pessoas tem medo de perder a vida, e bate um desespero por ser uma doença desconhecida e que vem sendo muito avassaladora com a população mundial.

 

Escrito por V Guimarães

Colunista de todos os assuntos, como tv, famosos, culinaria, medicina, filmes, series, saude, bem-estar, lazer. Gosto de todos os assuntos